Ziraldo e Zuenir Ventura encerram 15ª Convenção ABF

Ziraldo e Zuenir Ventura encerram 15ª Convenção ABF - Cartunista e jornalista falam sobre tudo o que viram e viveram, e deixam uma mensagem de esperança.

 

“De A a Z”, cartunista e jornalista falam sobre tudo o que viram e viveram, e deixam uma mensagem de esperança e otimismo para os brasileiros

Eles viveram parte da era Vargas, os 50 anos em cinco de JK, os turbulentos anos de Jânio e Jango, os intermináveis anos de chumbo – presos, conviveram na mesma cela –, a luta pelas diretas, a abertura para a democracia, o impeachment do primeiro presidente civil eleito pelo voto direto em quase trinta anos, a eleição e reeleição de FHC, Lula e Dilma. O cartunista e escritor Ziraldo, 83 anos, e o jornalista e escritor, membro da Academia Brasileira de Letras, Zuenir Ventura, 84, encerraram no mais alto estilo a 15ª Convenção ABF do Franchising, contando o que vivenciaram em suas trajetórias.

Ziraldo e Zuenir Ventura encerram 15ª Convenção ABF

“Delícia estar com quem viu e viveu esse Brasil. Essa é a nossa grande qualidade, ter gente desse quilate, acontecendo e fazendo esse Brasil e que inspira a todos nós”, declarou a presidente da ABF Cristina Franco, que conduziu a agradável conversa de ambos com os congressistas na tarde deste sábado (24).

Zuenir na Convenção ABF 2015

A respeito do atual período político que atravessa o País, Zuenir afirmou: “Hoje a gente vive um momento muito difícil, até porque não sabemos o que vai acontecer. Mesmo nos momentos mais difíceis da ditadura, você tinha uma luz no fim do túnel”.

No entanto, o escritor é otimista. “Acho que o que há de novo hoje e de certa maneira me dá esperança, primeiro é a democracia”. Segundo ele, mesmo imperfeito, o sistema democrático dá liberdade aos cidadãos e permite revelar o Brasil como ele é. “Ao menos temos um país que é um nervo exposto, expõe suas vísceras, mas é um país que está sendo passado a limpo”, observou. Ainda de acordo com Zuenir, “o que há de positivo é que temos a possibilidade, se mantida a democracia, de vermos uma luz no fim do túnel”.

Ziraldo na Convenção ABF 2015

Ziraldo, também otimista, defendeu: “Não tenham medo do Brasil”. Para o cartunista, os problemas políticos enfrentados atualmente tornam o país “insuportável”. “Mas não se desespere com o Brasil”, enfatizou.

Platéia, na Conveção da ABF 2015, na palestra de Ziraldo e Zuenir

As dificuldades enfrentadas por ambos, para eles maiores do que no momento atual, não os fizeram sair do País ou deixar de lutar por ele. “Temos que ficar e lutar. O Brasil tem perspectiva. O Brasil está sendo passado a limpo. Se cada um fizer a sua parte, o seu papel, você já está trabalhando para o seu país”, defendeu Zuenir.

Ziraldo terminou o evento com uma “irrefutável palavra de esperança”: “troquem a meditação por reflexão, informação, muita informação e deem uma olhada profunda em tudo o que está acontecendo no mundo. Não estamos melhores ou piores do que outros países, mas o Brasil é o único país do mundo que não tem problema sem solução. Tudo no Brasil tem jeito”.

Leia mais:

Fotos: Keiny Andrade e Marcel Uyeta