Histórias de vida, colaboração e o futuro do varejo na NRF 2018

Grupo ABF conclui programação de palestras na NRF; missão segue com aulas com alguns dos principais especialistas do varejo mundial e painelistas brasileiros no Harvard Club, visitas técnicas exclusivas.

Varejo
Público acompanha o último dia da NRF 2018: palestras impactantes

Nessa terça-feira (16), último dia do NRF Retail’s Big Show 2018, o Grupo ABF assistiu a oito importantes palestras. Histórias de vida refletidas no varejo, colaboração e o futuro do setor foram os destaques.

Varejo
Altino Cristofoletti Junior, presidente da ABF, durante palestra no Harvard Club

Já esta quarta-feira é dedicada a seminários e palestras com alguns dos maiores especialistas em varejo do mundo e painelistas brasileiros no Harvard Club, ligado à prestigiada universidade norte-americana. O Seminário Internacional de Varejo foi aberto pelo presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior, e contou também com palestra de Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). Os participantes assistiram a aulas com Seth Godin, autor de best sellers e guru de marketing; John Thompson, presidente do conselho da Microsoft; Todd Pollak, head de varejo do Google nos Estados Unidos e Ravi Bagal, head global de varejo da Amazon Web Services. A missão da ABF prossegue até o dia 20, quando a delegação do franchising brasileiro volta ao Brasil.

Caridade, colaboração e o futuro do varejo

Na série de palestras que encerraram a convenção da NRF, o Grupo ABF soube a história de vida de Scott Harrison e como ele criou a Charity Water. “Egoísta, viciado em drogas e bebidas”, como o próprio Harrison se definiu, ele contou como abandonou sua trajetória errante e se tornou um empreendedor social, que visa a erradicar o problema da água em países africanos por meio da escavação de poços artesianos em várias cidades dos países daquele continente.

Representantes da Deloitte, do Facebook e da Rent The Runaway foram reunidos para mostrar como construir o “Dream Team” do varejo e de que modo a colaboração pode ser a chave do sucesso no mercado atual. De acordo com os especialistas, o ponto chave é a necessidade de entender o consumidor. “Todas as informações reforçaram a importância do varejo ‘Fisital’(Físico + Digital), e da oportunidade de gerar mais negócios por meio das diversas mídias”, observa Adir Ribeiro, curador de conteúdo do Grupo ABF.

Quanto ao futuro do comércio e dos meios de pagamentos, Alfred Kelly, CEO da Visa, e Karen Katz, CEO da Neiman Marcus (rede varejista com 42 lojas de departamento), trataram numa conversa bastante franca dos desafios dos meios de pagamento na atualidade. O grupo empresarial do qual faz parte a varejista norte-americana reúne 14 mil funcionários, fatura US$ 5 bilhões ao ano, sendo 30% são provenientes do e-commerce.

Varejo
Hamdi Ulukaya (à esq.), fundador e CEO da Chobani: cultura do iogurte grego nos EUA

Na quarta palestra do dia, a trajetória de Hamdi Ulukaya e da Chobani chamou a atenção dos participantes. De origem turca, o CEO e criador do iogurte grego nos Estados Unidos contou a sua história e sobre como transformou uma pequena fazenda que comprou por US$ 70 mil em 2004 num império, responsável pela cultura de um iogurte diferenciado (Chobany Way).

O case do Alibaba ligado ao futuro do varejo causou impacto no público da NRF. Lee McCabe, vice-presidente executivo do Grupo Alibaba norte-americano, evidenciou como o gigante chinês do e-commerce global influencia decisivamente o comércio eletrônico e o varejo mundiais. De acordo com o executivo, 50% das vendas globais do e-commerce em 2019 vão acontecer na China. E ainda segundo McCabe, o conceito “Fisital” está na estratégia do Alibaba, já que o Grupo atua em várias áreas de negócios, desde shopping centers, supermercados, pequeno varejo, mídias, tecnologia, e-commerce, dentre outros.

Na palestra “Navegando pela estrada à frente”, o tema atraiu a atenção dos participantes por ser abordar o futuro dos transportes e sua relação com o varejo. O painel reuniu representantes da Singularity University, Pirelli Tire North America e The Silent Intelligence.

A seguir, a NRF colocou em foco a cultura empresarial no varejo. Sob o tema “Transformando sua cultura: porque as ações do CEO são imperativas para a diversidade e inclusão de trabalhos modernos”, executivos importantes de empresas como JCPenney, PwC, Best Buy e The Clorox Company debateram o assunto. O destaque foi a história pessoal do presidente da JCPenney, Marvin Ellison, que começou a trabalhar na empresa ganhando um pouco mais de US$ 4,00 por hora, vindo de família muito humilde e atingiu a presidência anos depois.

Varejo
Tommy Hilfiger: marca com faturamento de US$ 6 bi e presente em mais de 100 países

Encerrando a programação da NRF, o empresário e estilista Tommy Hilfiger falou sobre o “Poder da disrupção”. Na conversa conduzida por Michelle Peluso, chief marketing officer da IBM, Hilfiger detalhou como lançou sua empresa em 1985, aos 33 anos, hoje com mais de 1.900 lojas exclusivas e monomarcas, faturamento superior a US$ 6 bilhões e presente em mais de 100 países.

Todos os insights obtidos pelo Grupo ABF na NRF 2018 e suas aplicações para o franchising brasileiro serão apresentados no Pós-NRF ABF, no próximo dia 6 de fevereiro, no Auditório Santander, em São Paulo. As inscrições são gratuitas e as vagas, limitadas. Participe!

Fotos: ABF/Divulgação