FWD: Congresso destaca internacionalização e vencedoras do Prêmio ABF/Apex-Brasil

Internacionalização
Jae Ho Lee, diretor internacional da ABF, na abertura do Congresso na ABF Franchising Week Digital

Congresso Internacional na ABF Franchising Week Digital trouxe cases de expansão global, chancelou 52 marcas brasileiras com o 2º Certificado de Franquia Internacional e premiou as vencedoras do 1º Prêmio Destaque de Internacionalização: Coife Odonto, Maple Bear, Hot n’ Tender e Chilli Beans

A ABF Franchising Week Digital ganhou o mundo nesta quinta-feira (8/10) com o Congresso Internacional de Franchising. O evento foi palco da celebração da conquista do 2º Certificado de Franquia Internacional por 52 redes, das 14 finalistas do 1º Prêmio Destaque de Internacionalização, e do anúncio das 4 marcas vencedoras.

As vencedoras Hot n’ Tender, Coife Odonto e Maple Bear – na categoria Geral -, e Chilli Beans – na categoria Estratégia e Consolidação – apresentaram os respectivos cases que lhes renderam o Prêmio. Outro case de referência internacional para as redes brasileiras apresentado na abertura do Congresso foi o da Calçados Bibi.

“A expansão internacional é uma estratégia fundamental para as redes brasileiras, ainda mais importante nesse período de crise causada pela pandemia do novo coronavírus e é muito salutar que ano após ano temos constatado um número crescente de marcas operando no exterior. O Certificado de Franquia Internacional e o Prêmio Destaque Internacionalização são um reconhecimento ao trabalho das redes que já atuam em outros países e um estímulo para que outras expandam internacionalmente”, declarou André Friedheim, presidente da ABF.

Em sua fala, Sérgio Segovia, presidente da Apex-Brasil, afirmou que o órgão “possui uma relação institucional sólida com a ABF, por meio do projeto setorial Franchising Brasil, que já totaliza 15 anos de parceria com ações voltadas à internacionalização do segmento, com resultados muito positivos, pois tivemos um crescimento de 12% no número de redes com operações internacionais em 2019, em relação ao ano anterior. Mesmo diante do cenário complexo e adverso, decorrente da atual conjuntura sanitária e econômica, presenciamos um engajamento cada vez maior de marcas de franquias em ações promovidas pelo projeto. Iniciativas como o Certificado de Franquia Internacional e o Prêmio Destaque de Internacionalização são de suma importância para chancelarmos e reconhecermos os esforços e constantes desafios que essas franquias superaram em suas trajetórias internacionais, contando com o apoio da Apex-Brasil e da ABF”.

A contextualização do trabalho de expansão das redes brasileiras no exterior foi apresentada por Jae Ho Lee, diretor internacional da ABF. “O movimento de internacionalização está se tornando um processo quase natural das redes brasileiras e expandir mercados internacionalmente é um desafio que tem sido superado por dezenas delas. Os esforços da ABF e da Apex-Brasil através do programa Franchising Brasil são feitos no sentido de ampliarmos a presença das redes nacionais globalmente. É preciso planejamento, visão de longo prazo, capacidade de adaptação a novas culturas e políticas locais, buscar parceiros locais, enfim, uma série de ações que a ABF e a Apex têm executado junto às redes associadas para que tenham sucesso internacional”, afirmou.

Lee ressaltou que durante a ABF Franchising Week Digital está sendo realizado o Projeto Comprador Virtual, em mais uma oportunidade de divulgação e expansão internacional das marcas associadas e integrantes do Franchising Brasil.

O Congresso contou com a participação de David Bloom, diretor de operações e desenvolvimento da Capriotti’s, e terminou com um painel exclusivo sobre o franchising pelo mundo. O painel reuniu o chairman da IFA e multifranqueado do KFC, Taco Bell, Spice & Tea Exchange e Capriotti´s, David Barr, e James Walker, da Nathan’s Famous, com mediação de Marcelo Cherto, CEO do Grupo Cherto.

Barr falou sobre tendências em franquias e para Walker, os empreendedores devem olhar com atenção as oportunidades de negócios durante a pandemia da Covid-19. Sua rede, por exemplo, inaugurou operações nos Emirados Árabes Unidos e na Irlanda neste período.

Foto: Keiny Andrade