ABF presta homenagem a líderes formadores do franchising brasileiro

Homenagem
Luiz Gama, fundador do CNA: Prêmio ABF de Personalidade do Franchising

Além do Selo de Excelência em Franchising e do Prêmio ABF Destaque Franchising, a cerimônia desta sexta (20/04) prestou homenagem a empresários pioneiros que tiveram um papel importante na disseminação e fortalecimento do setor de franquias no Brasil.

Homenagem
Luiz Felizardo Barroso: um dos pioneiros, advogado especialista em franchising entra para o Hall da Fama

Na primeira homenagem, o professor Luiz Felizardo Barroso passou a fazer parte do Hall da Fama do Franchising. Criado pela ABF em 2015, o Hall da Fama tem o objetivo de reconhecer e perpetuar personalidades que se notabilizaram por sua trajetória no setor de franquias. Presidente do Conselho Fiscal da ABF Seccional Rio de Janeiro, Barroso é PhD e doutor em Ciências Jurídicas e Sociais, membro da Academia Fluminense de Letras e autor de diversas obras, dentre as quais: “Franquia Público-Social. A franquia cidadã do ente público”; “Conveniência & Franchising. O canal do varejo contemporâneo” e “Franquia dos postos de serviços e Franchising. Modificações à lei vigente. Estratégia e gestão”.

Em seu discurso, ao receber a homenagem, o Professor Felizardo destacou a sua trajetória de advogado em prol do sistema de Franchising. “Foram muitos anos, desde a década de 80, com muitas lutas e dedicação para que pudéssemos chegar até aqui e ver o Franchising brasileiro sendo exemplo para o mundo. No começo, quando nos reunimos, éramos poucas pessoas, agora estando esta noite aqui com mais de mil pessoas do setor de franquias, fico realmente emocionado. Muito obrigado”, concluiu.

Já Luiz Gama, fundador da rede de idiomas CNA, recebeu o prêmio de Personalidade do Ano. Atual membro do Conselho de Administração da marca que é uma das mais tradicionais do franchising brasileiro, Gama iniciou seu próprio negócio comercializando livros de inglês na década de 1970, no Rio Grande do Sul, após retornar de uma temporada nos Estados Unidos. Empreendedor, ele percebeu uma oportunidade para abrir escolas de idiomas, depois que um cliente aceitou comprar os livros em troca de um curso. A rede CNA foi uma das primeiras a integrar o setor de franquias e, atualmente, possui cerca de 600 escolas e 400 mil alunos pelo Brasil.

“Este é um ano muito especial, pois o CNA completa 45 anos. Começamos essa história vendendo livros de porta em porta, trabalhamos muito e nos transformamos em uma das maiores redes de idiomas do Brasil. Tenho muito orgulho dessa trajetória”, afirma Luiz Gama.

Fotos: Keiny Andrade e Marcel Uyeta