Transformação digital e experiência do cliente em debate no evento ABF

Digital
Painel reúne Fernando Perri (Vivenda do Camarão), Dorival Oliveira Jr. (McDonald's), João Baptista Jr. (ABF) e Pierre Berenstein (Bloomin' Brands - Outback) - (da esq. p/ dir.)

No segundo painel do dia do Seminário de Food Service ABF 2018, a transformação digital e sua influência na oferta de uma nova experiência ao consumidor foi o tema analisado. Sob moderação de João Baptista Junior, coordenador do Comitê Food Service da entidade, Dorival Oliveira Jr., vice-presidente de desenvolvimento do McDonald’s, Pierre Berenstein, diretor da Bloomin’ Brands, detentora da marca Outback, e Fernando Perri, fundador da Vivenda do Camarão, debateram a “transformação através de estratégias de menu e pricing, tecnologia e segmentação do consumidor”.

A tecnologia deve ser um instrumento para melhorar a experiência sem que seja um ponto de fricção com o cliente, disse Berenstein. “Tecnologia para ficar ‘bonito na foto’, mas sem melhorar a vida do consumidor, não serve para nada”, defendeu.

A Vivenda do Camarão tem uma logística própria para atender a rede de franqueados e toda a operação é monitorada por um sistema eletrônico, disse Perri.

No McDonald’s , a transformação digital levou à mudança de 100% dos equipamentos das cozinhas. O passo seguinte foi desenvolver a plataforma “Do it for You”, para oferecer uma nova experiência ao consumidor. Depois os balcões foram reformulados e a cultura de serviço da rede reinventada. Hoje a companhia está trabalhando numa plataforma pós-tecnologia que será implantada globalmente.

Diante da velocidade das mudanças e num ambiente tão competitivo e desafiador, o tempo estimado para essa transformação urge na visão dos painelistas. “Tudo é para ontem”, ressaltou Perri, da Vivenda do Camarão. “Sem velocidade de implantação, você quebra. Velocidade é o nome do jogo”, afirmou Berenstein, do Outback. No McDonald’s, clientes, franqueados e fornecedores são os três pilares. “Você tem que estar preparado para as mudanças todos os dias”, disse Oliveira.

A “transformação digital no setor de alimentação” foi analisada por Daniel Zanco, diretor da Linx. De acordo com o especialista, a experiência fala mais alto para os millennials. Segundo Zanco, dos 50% deles que dizem visitar lojas físicas, 49% afirmam buscar entretenimento e alimentação.

Foto: Keiny Andrade

 

Se você está pensando em comprar uma franquia, confira artigos que o Portal do Franchising separou para te ajudar: