Ministro do STF Luiz Fux abre o 11º Simpósio Jurídico e de Gestão Empresarial ABF

Jurídico
Luiz Fux: "aplicação enérgica da Lei da Ficha Limpa, porque ela é fruto de um dos valores mais caros, que é a democracia”

O 11º Simpósio Jurídico e de Gestão Empresarial ABF teve início com a já tradicional palestra sobre as atualizações legislativas e jurídicas de Fernando Tardioli, diretor jurídico da ABF. O advogado detalhou o trabalho desenvolvido pela Associação no campo jurídico em prol do setor.  O evento aberto pela manhã irá até o final do dia e contará com uma palestra sobre o combate à corrupção no ambiente empresarial.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luiz Fux, em sua palestra magna, apresentou um panorama das eleições no Brasil. De acordo com o presidente, a maior preocupação  do TSE atualmente são as notícias falsas (fake news). “Um país que se pretende ser uma democracia, o processo deve ser livre e transparente, e só há um ambiente livre quando ele é livre de corrupção e também de desinformação”, afirmou. Ainda segundo o ministro, não se pode poluir o ambiente eleitoral com noticias falsas.

Outra preocupação, disse o ministro, são os gastos com a campanha eleitoral.  “Está na hora, talvez seja uma ideia genuína, de os partidos políticos que quiserem resgatar sua imagem, criarem uma área de compliance”, sugeriu.

Ainda de acordo com Fux, “a politica brasileira tem uma esperança muito grande de renovação e para que haja renovação, tem que ter propaganda, mas ela custa caro. Por isso tem a crowdfunding, a vaquinha eleitoral”. Segundo o ministro, essa alternativa de arrecadação de recursos para a campanha eleitoral contribuirá para a renovação do quadro político brasileiro.

Para finalizar, o presidente do TSE, falou de parcerias, entre elas, com os partidos políticos, que assinaram um chamado “Tratado de não proliferação das fake news”. Outra parceria foi feita com os marqueteiros, que têm interesse no resgate da sua imagem e que firmaram um acordo no combate às noticias falsas. “Ontem fizemos um gol de placa: Google e Facebook acudiram ao nosso apelo e assinaram um acordo no combate às fake News, retirando publicações feitas que sejam comprovadamente de notícias falsas”, completou.

Foto: Keiny Andrade