Internacionalização e boas práticas são foco da Missão à IFA 2017

Depois de cumprir uma intensa agenda de visitas técnicas e rodadas de negócios em Miami, a missão da ABF chegou em peso a Las Vegas para a 57ª Convenção da IFA

Missão
Grupo ABF se dividiu para assistir os principais temas em dezenas de palestras e eventos da Convenção

A Missão da ABF à Convenção da IFA 2017 entrou em sua segunda fase. Após bem-sucedidas visitas técnicas e rodadas de negócios em Miami, o grupo chegou em peso a Las Vegas, cidade sede da convenção deste ano. Os trabalhos foram abertos com uma reunião geral que contou com a participação de cerca de 40 pessoas, realizada neste domingo (29/01). Além de aproximar os participantes – muitos se unindo ao grupo nesta fase – a reunião teve o objetivo de detalhar a programação da Convenção IFA 2017 e discutir as expectativas dos participantes.

O presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior, abriu a reunião ressaltando que a meta da ABF, dentre outras, é consolidar o relacionamento com a IFA, aprofundar o intercâmbio entre as duas associações e fortalecer a presença internacional da ABF. “Com um mercado mais maduro, temos muito a aprender com o franchising americano, até pelo porte das franqueadoras deste país. No entanto, a IFA reconhece que o mercado brasileiro tem muito a contribuir também, além de ver na ABF uma entidade bem estruturada e com práticas sofisticadas de governança na qual eles também buscam se inspirar”, disse o presidente da ABF.

Entre os participantes da missão, algumas metas também se mostraram muito fortes. A primeira, certamente, é o intercâmbio de informações e de conhecimento e a busca de cases de sucesso. Insights para a internacionalização de redes de franquias, bem como dados do mercado norte-americano, também foram muito citados, tanto que ao menos quatro redes afirmaram ter planos de expandir ou ingressar no mercado norte-americano no curto prazo.

Troca de informações, networking e boas práticas são alvos do Grupo ABF na Convenção

Outra observação importante foi o caráter “prático” da convenção da IFA, em contraposição ao viés mais “aspiracional” do evento da NRF realizado há poucos dias em Nova Iorque. Por fim, o networking na Convenção e entre os participantes da própria missão, composta por franqueadores, franqueados, consultores, advogados e outros profissionais do franchising brasileiro, foi uma unanimidade.

“Meu objetivo nesta missão é buscar boas práticas, casos de sucesso e trocar informações com os participantes, de forma a compartilhar com minha equipe as principais conclusões. Aqui vemos mais do que ideias e conceitos, tratamos de negócios reais. Mesmo que algumas vezes as redes norte-americanas tenham portes maiores, vemos que os desafios são similares aos nossos”, afirmou Adriana Auriemo, da Nutty Bavarian. Já Flávio Conrad, do Grupo Restaura, ressaltou: “Vim buscar coisas novas, sair de nosso ‘mundinho’ e nos abrir a novas perspectivas”.

A ABF trará para o Brasil os principais assuntos, cases e insights obtidos nessa missão internacional. Especialistas do franchising e do varejo apresentarão esse conteúdo relevante no Pós-IFA ABF, que será realizado no próximo dia 16/2 em São Paulo, no Auditório Santander. Gratuito para associados, o evento está com inscrições abertas. As vagas são limitadas.

Foto: ABF/Divulgação