Quer experimentar nosso produto, senhor?

degustação

Degustação é uma das formas de fazer o cliente conhecer seu negócio e até mesmo fidelizá-lo. Conheça ações feitas por redes de franquias

Quando passou a expandir por franquias, a Carol Coxinhas entendeu que precisaria criar uma maneira de fazer os clientes das novas regiões conhecerem seus produtos.

Eles resolveram optar pelo bom e tradicional método da degustação, ao invés de simplesmente distribuir panfletos.

“Criamos o Vale-Coxinhas, onde na abordagem dizemos que estamos abrindo uma nova unidade na cidade e queríamos muito recebê-los com um presente especial.

O vale-coxinha dá direito a um copo para conhecer e saborear nossos produtos”, explica a fundadora da marca Carol Martinelli.

A ação faz diferença na aceitação da marca, de acordo com ela. Cerca de 70% das pessoas que visitam com o vale-coxinha acabam adquirindo outro copo na hora, ou voltam depois.

“Ainda contamos com o marketing feito pelos clientes. Eles postam nas redes sociais e contam para os amigos, é mídia espontânea fortalecendo e divulgando a marca em cada região”, observa.

Existe uma padronização na ação, mas a marca dá liberdade para que cada franqueado possa sugerir alterações. “Gostamos muito quando nossos franqueados tomam esse tipo de iniciativa, mostra que ele é um empreendedor e não apenas dono do negócio”.

Taxa de conversão é alta

O desafio, segundo Carol, é atender a todos e ainda passar uma boa impressão. Cada ação distribui entre 300 e 500 vales, o que corresponde a até 10 mil unidades de salgados.

“Pela última estimativa, dos 500 vales distribuídos, 360 foram retirar nos dois primeiros dias e 60% voltam ou compram mais produtos, seja na hora ou no dia seguinte”.

Recentemente, a marca fez uma ação com um novo produto que havia sido adicionado ao catálogo: o churros gourmet. Foi criado um dia dedicado à iguaria.

“No total, foram distribuídos mais de quatro mil unidades para os clientes. Consequentemente, alavancou um produto que estávamos inserindo na rede. Depois dessa ação, tivemos um aumento de vendas do produto em 30%, esse custo foi todo oferecido pela franqueadora aos franqueados”.

Cupons de desconto ajudam a atrair para serviços de estética

E não é só comida que se beneficia de degustação.

A rede de estética Posé também tem uma estratégia própria para atrair clientes. Por meio das redes sociais e imprensa, a empresa oferece cortesias para que os clientes experimentem o serviço.

“A degustação também é aplicada quando o cliente chega na loja sem o material de divulgação, o franqueado tem a liberdade de oferecê-la.

Além disso, existem expositores dos produtos Secret (linha sex shop da marca) para que o consumidor possa sentir o toque dos produtos, fragrâncias e efeitos”, explica a fundadora da marca Karla Lima.

Alguns franqueados fazem ações próprias, como levar produtos para eventos ou influenciadores, mas tudo depende da aprovação da franqueadora.

“As ações acabam aumentando o número de potenciais clientes que vão até a loja. Desde o início, a equipe de colaboradores trabalha para converter esse visitante em cliente. Uma parte significativa das pessoas que entram na loja se torna cliente fiel e promotor orgânico da marca, o chamado marketing boca a boca funciona bem”.

De acordo com ela, a cada três novos clientes, um foi indicado.

Eventos de degustação formam clientela

A Torteria Haguanaboka aderiu, recentemente, ao conceito de brunch nas lojas, que equivale ao café da manhã e almoço, em uma refeição só.

“Nele, ao invés de comer apenas um item do cardápio, o cliente paga por um valor específico e pode experimentar vários pratos, tortas doces e salgadas e outros, dependo da ocasião.

Em 2019, realizamos o brunch de Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais”, explica a proprietária Valéria Verdi.

A adoção da estratégia é facultativa aos franqueados.

Alguns preferem apenas pacotes de comemoração entre famílias, como aniversários, ou confraternizações de empresas, que também ajudam a apresentar a marca para novas pessoas.

“Todas as ações diferenciadas que ocorrem na rede ajudam a aumentar as vendas e consequentemente o faturamento das lojas, o que beneficia a todos, tanto o franqueado, quanto a franqueadora”, explica.

A loja já reuniu cerca de 300 pessoas nesses brunchs. Um dos grandes desafios é marcar a data sem certeza se as pessoas comparecerão. “Cada loja é responsável por fazer essa divulgação e isso sempre gera uma ansiedade. Há o famoso ‘boca-a-boca’ rolando entre os clientes, então, a novidade sempre se espalha”, afirma.

Especialista recomenda prática, inclusive para venda de franquias

A degustação de produtos e serviços pode ser um diferencial na hora de tomada de decisão dos clientes, e por essa razão, é necessário estar preparado para atender da melhor forma possível.

A estratégia pode ser útil até mesmo para a venda de franquias, de acordo com a analogia feita pelo diretor da consultoria CS Franchising Natal de Carvalho.

“O investidor que tem acesso a essa degustação tende a não ficar procurando onde investir. A decisão de compra, em muitos casos, já acontece no término da visita. O fechamento de transação sempre tende a ser feito onde houver a maior atenção possível, um sentimento de proximidade com a marca”, afirma.

Ele aconselha que as franquias pensem na possibilidade de realizar experimentações de produtos, serviços e de comando da unidade franqueada.

A melhor forma de conhecer um negócio, como cliente ou como investidor, é tendo acesso ao que é oferecido.

Ele ainda recomenda que as operações destinadas à experimentação tenham o mesmo cuidado que as que forem vendidas.

“Os cuidados são de ter um produto com um diferencial, qualidade, sabor, sempre seguir os padrões de higiene, com preço competitivo sempre atualizado”, sugere.