ABF FW 22: entender todas as dores da marca é a chave para a expansão

Presidente da ABF, André Friedheim, realizando a abertura oficial do segundo dia de palestras na FW 2022

Especialistas realizam palestras no Congresso de Expansão de Redes, que acontece no Expo Center Norte, em São Paulo

21/06/2022

A 7ª edição ABF Franchising Week, semana que reúne o maior congresso de franquias da América Latina e a maior feira de franchising do mundo, a ABF Franchising Expo, segue a todo vapor no Expo Center Norte, em São Paulo. Nesta terça-feira (21/6), o presidente da Associação Brasileira de Franchising, André Friedheim, realizou a abertura oficial do segundo dia de palestras, realizado em parceria com a Caixa e o Governo Federal, com o primeiro tema a ser debatido no Congresso de Expansão de Redes.

Em seu discurso, Friedheim reiterou que as atividades do franchising representam 2,7% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “Buscamos cada vez mais profissionais que colaborem com a fortaleza do nosso setor, para um franchising responsável, ético e que realiza sonhos no Brasil e no mundo”, afirmou.

Especialistas renomados do setor de franquias falaram sobre as mudanças nas estratégias de expansão pós-pandemia da Covid-19 e os novos modelos de sucesso que se tornaram tendências.

Atualizações pós-covid – Expansão
Renata Rouchou, coordenadora da Comissão de Expansão e Pontos Comerciais da ABF e diretora da Casa Bauducco, falou dos dados do setor de franquias durante o primeiro trimestre de 2022. A Pesquisa Trimestral de Desempenho do setor de franquias referente a janeiro a março deste ano, realizada pela ABF, apontou que as redes de franquias cresceram 8,8% em faturamento no 1º trimestre frente a igual período do ano passado, com uma receita que passou de R$ 39,881 bilhões para R$ 43,380 bilhões.

Em seguida, Daniel Cerveira e Francisco Bloch, ambos do Cerveira Advogados, apontaram questões jurídicas enfrentadas pelas marcas durante a pandemia.

Otimizando recursos para expansão considerando diversos tamanhos de franqueadoras
Dando continuidade à programação, para falar sobre a importância das estratégias de expansão, o moderador do segundo painel, André Giglio (Sushichic), convidou ao palco Rodrigo Abreu, diretor de Marketing e Comunicação da ABF e máster franqueado da AlphaGraphics, Leonardo dos Anjos, diretor da Anjos Colchões, e Vinicius Rossetti, diretor da Piticas.

As vendas na Anjos Colchões dispararam no último ano a partir do momento em que a empresa identificou todas as dores e as enfrentou com treinamento interno e maior contato entre franqueadora e franqueado. “O vendedor precisa ser resiliente e nós precisamos influenciá-los”, frisou dos Anjos.

O grupo também falou sobre a necessidade de se adaptar os novos modelos de negócios de acordo com os tempos e hábitos do consumidor e cada país, como colocou Abreu, visto que a AlphaGraphics está presente em mais de 50 países. “Expansão por conversão é a nossa prioridade global no Brasil e no mundo. Os novos profissionais que já possuem experiências em lidar com as dores de grandes empresas também fazem parte da nossa estratégia de aquisição para gerar a conversão de expansão”, disse.

Rossetti também falou sobre o entendimento do impacto das lojas para uma melhor experiência no consumidor. “O encarecimento dos quiosques nos fez impulsionar a redução deste modelo, o que aumentou o aproveitamento das lojas satélites e do novo formato para as lojas físicas. Os maiores espaços proporcionados pela união entre físico, digital e novos fornecedores geraram mais aproveitamento do cliente”.

Ecossistema de expansão – Outras formas de expansão
Em seguida, Renata chamou Rogério Guimarães, diretor de Franquias e-commerces da Lupo,  Alexandre Bratt, CEO da Víssimo Group, holding formada pela Evino e Grand Cru, Rodrigo Neves, gerente nacional de Expansão do Grupo Trigo, e a moderadora Lyana Bittencourt, CEO do Grupo Bittencourt.

Para iniciar o debate, Lyana apresentou a importância da criação de ecossistemas de negócios para se orquestrar uma vantagem competitiva com estratégias que possam aumentar a compreensão sobre os clientes de uma marca.

Ecossistemas de Negócios

No debate, Neves e Guimarães apontaram que a base de um ecossistema é o fornecimento para a cadeia de uma marca, desde as fábricas até as lojas finais que atendem o consumidor. “Os sistemas vão mudando de acordo com a evolução a sociedade, você pode criar áreas dentro da empresa e novas parcerias para ser uma empresa omnicanal”, reiterou Guimarães.

O CEO da Víssimo Group também falou sobre a singularidade da Evino e Grand Cru, duas empresas de vinhos, sendo uma digital e outra física. “São empresas que se contrapõe no quesito experiência do consumidor, mas que se adaptam a cada cliente. Entendemos e passamos a explorar mais afundo cada um de seus ecossistemas em um mundo multicanal, mas mantendo treinamentos diferenciados para quem gosta de ir até a loja e receber uma consultoria pessoal”, ressaltou.

Modelos de sucesso em expansão
O penúltimo painel da manhã teve como tema Modelos de sucesso em expansão e contou com a moderação de Renata Rouchou e participação em vídeo da Ana Paula Bogus, vice-presidente da Havaianas Brasil, que falou a respeito das lojas ligths com metragens menores e modelos de expansão diferentes em cada país. “Nosso objetivo é ampliar a capilaridade desses pontos de vendas para a marca ficar mais próxima do seu consumidor”, afirmou.

Além disso, para falar um pouco sobre cada marca e os seus modelos de expansão, Renata chamou ao palco Bruno Semenzato, CEO da SMZTO, Eduardo Felix, gerente de franquias da Chilli Beans, Daniel Zanco, CEO da Oggi Sorvetes, e Valéria Duarte, diretora de Operações e sócia-fundadora da Geofusion.

Seguindo o consumidor: Grupo Boticário – de um laboratório a maior franquia de beleza do mundo
Para finalizar o Congresso de Expansão de Redes, Artur Grynbaum, vice-presidente do Conselho do Grupo Boticário, trouxe insights dos pontos fortes que foram explorados pelo Grupo Boticário no cenário multicanal, como a logística na pandemia.

Foto: Keiny Andrade