Transformação digital na operação das franquias é tema de encontro na ABF Rio

transformação digital na ABF Rio

Na manhã da ultima quarta-feira (29/06) a Associação Brasileira de Franchising Seccional Rio de Janeiro (ABF Rio) promoveu a palestra “O mundo digital e suas perspectivas para cenários futuros”, ministrada pela publicitária e professora da ESPM Rio Adriane Buarque de Holanda, durante o evento Café com Franquia.

De acordo com a palestrante, o objetivo do evento foi mostrar que cada empresa tem seu público nas plataformas digitais. A internetá conta com mais de 600 redes sociais e todo ano nascem – e morrem –  muitas outras.

“Cada uma tem seu público. Conforme novas plataformas surgem, parte dele se desloca. As redes estão sempre alterando seus algoritmos, e de repente a empresa pode ver sua audiência minguar em uma determinada plataforma”, afirmou a publicitária.

Saber usar as redes sociais nunca foi tão importante para o sucesso de um negócio. Para não ficar para trás, o empresário deve sempre estar atento às novas plataformas que surgem.

“É preciso monitorar os dados o tempo todo para descobrir o que funciona mais. Investir no Marketing de influência usando os nanoinfluenciadores ou microinfluenciadores muitas vezes funciona mais do que um artista famoso, pois o público irá acreditar muito mais que o influencer usa os produtos”, explicou a especialista.

Adriane evidenciou que a pandemia da Covid-19 acelerou vários processos, na medida em que inúmeras empresas foram obrigadas a adotar o trabalho remoto para não interromper os negócios, bem como as escolas tiveram de se adaptar a outro jeito de dar aula – que já existia há muito tempo, mas ainda era pouco explorado.

É preciso reconhecer que a transformação digital tem papel relevante no processo de inovação das empresas. O metaverso por exemplo criará oportunidade de inúmeros recursos, tecnologias e experiências que emergem rapidamente, transformando a forma como as empresas interagem com os clientes.

“Antes de qualquer transformação, é necessário fazer experiência de usuário, para que você possar adequar as suas plataformas para melhor atender e interagir com o cliente. Atualmente podemos citar a Lu da rede Magalu, que surgiu como um recurso para ajudar na experiência de compra do consumidor no varejo digital e hoje é influencer digital e atua como vendedora ao falar de produtos e serviços, mas também se tornou porta-voz da marca”, conta Adriane.

Concluindo a apresentação, a publicitária e professora da ESPM Rio explicou aos participantes que a tecnologia está sempre presente e as aplicações de inteligência artificial nos dias de hoje dependem de informação e conhecimento.

Foto: ABF Rio/Divulgação