Shrimp House no Shopping Coral Square

Após um ano de intensos trabalhos de planejamento, plano de negócios e negociações com redes de Shopping Centers nos EUA, a sociedade feita entre a Vivenda do Camarãol e Oxford Group começa a dar seus frutos, com a inauguração dos dois primeiros restaurantes na Flórida, que implicaram num investimento de um milhão e meio de dólares.

O primeiro será no Shopping Coral Square, em Coral Springs, com serviço de restaurante, em sua praça de alimentação. Sua abertura está prevista para o final de novembro. O segundo, no mais movimentado Shopping Center do Sul da Florida, Dadeland Mall, com abertura prevista para o início de Dezembro.

Os gerentes das primeiras unidades receberam intenso treinamento no Brasil por várias semanas e, para a abertura nos EUA, além do apoio e suporte dos sócios brasileiros, a Shrimp House, como será chamada a rede americana, contará com o apoio e acompanhamento de seis experientes funcionários da “Vivenda do Camarão” do Brasil.

Para manter o critério de alimentos sempre frescos, a logística de abastecimento estará sendo feita pela a Gordon Food Service (GFS) que fará a entrega regular dos produtos várias vezes por semana, com os melhores e mais afamados pratos da Vivenda do Camarão, como Camarão ao Catupiry, Quatro Queijos, Bobo de Camarão, Strogonoff, além de trutas, salmão e a famosa Paella, entre outros.
Com um investimento de 20 milhões de dólares, a rede ampliará suas atividades em todos os principais Shoppings na Flórida. Estes recursos se destinam a assegurar não apenas a expansão, como também a manutenção da qualidade e o desenvolvimento e fortalecimento da marca.

Numa primeira fase, deverá terminar 2014 com 8 unidades, incluindo Boca Raton, Orlando, Jacksonville, Doral, Melbourne e vários locais na costa oeste do Estado, além das que estarão sendo abertas este ano.

Nos dois anos seguintes, mais 25 unidades serão abertas, cobrindo todo o Estado. Desta forma serão mais de 30 restaurantes no Sunshine State, gerando mais de 900 empregos diretos.
Em 2016 começarão a serem abertos restaurantes em outros estados americanos.

Nesta fase inicial, a ideia da empresa é de ter apenas lojas próprias, deixando a implementação de franquias para um segundo modulo, após a consolidação da rede.