Transformação digital centraliza Encontro Online ABF Regional Interior de SP

Transformação digital

O Encontro Regional Online ABF Interior de São Paulo realizado na terça-feira (24/11) enfocou a inovação e a transformação digital no ecossistema do franchising. O evento patrocinado pela Safrapay foi conduzido por Rogério Gabriel (MoveEdu), diretor da Regional.

Gustavo Schifino, coordenador da Comissão de Transformação Digital da ABF, falou a respeito da chamada “Era das plataformas”. De acordo com Schifino, do ponto de vista dos empreendedores, “todos seremos uma plataforma ou estaremos em uma”. Nessa perspectiva, na era das plataformas, segundo o especialista, teremos “um mundo mais digital, mais humano e mais austero”.

Estar digitalizado é vital. Altino Cristofoletti Junior, ex-presidente da ABF e sócio-diretor da Casa do Construtor, falou a respeito do case de transformação digital da franqueadora. A cada ano a rede define um tema para sua convenção e “2020: A Odisseia Digital” não por acaso foi o definido.

“Tem que ter mudança de mindset, a cultura tem que estar no time da franqueadora e na ponta”, afirmou Cristofoletti.

A pandemia foi uma oportunidade para a rede dar um salto em seu processo de mudança de mindset e digitalização, disse o executivo. “Do dia pra noite tivemos que colocar os colaboradores em home office”, contou. Um exemplo desse processo, disse ele, é o fato de que todos os contratos da rede hoje são digitais.

Segundo Cristofoletti, a pandemia da Covid-19 ajudou a Casa do Construtor a pensar em exponencialização. A marca enfrentou o desafio da expansão, implantação de loja, capacitação de equipe, tudo a distância e integrado. “Já estávamos trabalhando o mindset e com a atitude preparada. Isso foi o mais importante”, disse, e completou: “Aprendemos que tudo é um processo. A liderança da empresa tem de levar todos os seus integrantes junto”.

“Transformação digital não é tecnologia, é minset”, reforçou o diretor regional Rogério Gabriel.

José Carlos Semenzato, fundador e CEO do Grupo SMZTO, enfocou a resiliência do setor de franquias e falou de algumas lições que extraiu da pandemia: a importância da experiência passada e a implantação de soluções de curto, médio e longo prazo. Segundo ele, os empresários precisam ter muita calma para se posicionar. Logo na primeira semana, a palavra de ordem do franqueador para os franqueados foi: “Salvem os empregos porque assim vamos salvar nossos negócios”. “O nosso ativo está nas pessoas”, afirmou. Já num segundo momento, Semenzato disse: “Vamos preservar o caixa”. Segundo o executivo, na aceleração digital passaram a vender 40% do budget pelo WhatsApp graças a fatores como a credibilidade da marca.

Velocidade é a máxima seguida por Gutto Covizzi, fundador e CEO da Bella Capri Pizzaria. O franqueador viu também oportunidade na pandemia. “Chegamos no aplicativo a 70% das vendas”, disse. Rapidez e equipe engajada foram, segundo o executivo, as estratégias para enfrentar a Covid-19. “O aprendizado é que você pode produzir mais com menos”, resumiu Covizzi sobre as lições aprendidas.

Imagem: ABF/Reprodução