Pulo do Empreendedor

0
Pulo do Empreendedor

Clique aqui e acesse todo o conteúdo desta edição.

Natal todo dia

o vídeo ambientado na Itália de 1948, um pai caminha de mãos dadas com o filho que pergunta: “Pai, existe panetone no Brasil?”. “Se não existir, nós criaremos”. A cena faz parte de uma das peças publicitárias da marca Bauducco e representa a vinda da família para o Brasil, recentemente encenada, também, na novela das 18 horas da rede Globo, Joia Rara.

A promessa feita ao garoto foi cumprida, e a receita tradicional de família veio para o País naquele mesmo ano.  Desde então, o produto foi replicado por outras marcas e se tornou uma das referências natalinas. De acordo com a Nielsen, foram vendidos 26.333,3 quilos do produto entre outubro de 2012 e janeiro de 2013, o que equivale a R$ 476.563,10.
Mais de sessenta anos depois, o sobrenome da família que trouxe a receita ao Brasil se tornou um dos mais conhecidos no final do ano (e na Páscoa também, com as colombas pascais) e prepara a entrada de sua divisão de varejo no franchising. A promessa é manter o clima natalino durante todo o ano na Casa Bauducco, que oferece produtos próprios e diferentes dos que são comercializados no varejo multimarca. O cliente encontra muffins, focacchias, croassaints e outras iguarias que complementam o livro de receitas do senhor Bauducco.
O momento de consolidação do consumo, com clientes que exigem produtos cada vez melhores, e experiências diferenciadas, foi o que motivou a empreitada, de acordo com o diretor da Casa Bauducco, Paulo Cardamone. “Queremos trazer o nosso consumidor para dentro desse ambiente que desenvolvemos na propaganda, ter uma ligação de consumo mais viva, próxima ao espírito da marca e dos produtos que ela faz”.
A loja
O espaço possui representação da cozinha do senhor Bauducco (aquelas retratadas nas campanhas publicitárias), com tijolos e madeira na estrutura e mesas antigas de madeira. O intuito é atrair o público Premium, que demanda uma escala menor. “A marca Casa Bauducco é diferente de outras lojas, muito mais artesanal. A ideia surgiu para ser um ponto de contato com o consumidor”, explica Cardamone.
Mesmo tentando fugir do tradicional, o produto de maior destaque nas Casas Bauducco, segundo o executivo, é o panetone em fatias grelhadas com canela e açúcar, acompanhado de um café. “Esses são os grandes geradores de tráfego nas lojas. Encontramos uma forma de utilizar o nosso produto principal e revitalizar o consumo durante todo o ano”.
Laboratório industrial
Atualmente existem cinco unidades próprias da Casa Bauducco em São Paulo. Ainda em 2014, a nova ala internacional do aeroporto de Guarulhos e o Shopping Pátio Paulista também receberão unidades.
A entrada no modelo de franquias é considerada pela marca o salto que levará os quitutes do senhor Bauducco mais longe. “A primeira experiência deve contar com entre cinco e dez lojas”. Até a metade do ano, a marca iniciará a experiência no mercado de franquias, com um novo modelo, desenhado por uma consultoria especializada, durante doze meses. Ainda não estão definidos os investimentos necessários para franquear a marca.
Um grupo restrito de potenciais franqueados operará as lojas na fase de testes. “Ter um número pequeno de lojas para monitorar no início é bom para tirar temperatura da operação e das categorias de produtos. Cria um laboratório do ponto de vista industrial”, avalia Cardamone. A partir do ano que vem, a expansão começa para valer e tem meta de chegar às 300 unidades em três anos.
A capital paulista será a primeira a receber franquias, depois as cidades em um raio de até 400 km entram no radar da marca. “Não teremos problemas de logística, pois para todos os itens a durabilidade média é de 60 a 90 dias. Vamos trabalhar com cadeia de frio ou fornecedor local”. A partir da expansão massiva de 2015, as regiões Sul e Sudeste ganham mais representatividade, dando vazão para a abertura de unidades em todo o território nacional, tanto em shopping centers, como lojas de rua.

 

Publicado em 07/02/2014
Veja alguns artigos interessantes do Portal do Franchising, clique e te levaremos para lá: