Pizza Hut projeta expansão de 10% nas vendas com a Copa

Jornal DCI – Camila Abud – 19/05
 
Restaurantes da rede já contam com cardápios em inglês e os colaboradores são treinados para também saber como atender turistas estrangeiros
 
Com restaurantes espalhados por 88 países, sendo 84 deles distribuídos nas principais cidades brasileiras, a rede norte-americana Pizza Hut faturou US$ 130 milhões no ano passado e, para 2014 a expectativa é crescer em torno de 20% e completar 100 lojas. Ao atuar no segmento de franquias, a rede detém na Grande São Paulo 36 lojas. Este ano, a projeção na região é encerrar o ano com 40 restaurantes, além de obter um incremento de 10% nas vendas com a Copa do Mundo. “Temos no Aeroporto de Guarulhos a Pizza Hut de maior faturamento no mundo, dentre os mais de 40 mil restaurantes operados pela Yum! Brands, nossa franqueadora, que detém outras marcas como Taco Bell e KFC, em mais de 100 países”, ressaltou Jorge Aguirre, que responde pela Pizza Hut SR.
 
Segundo o executivo, a empresa está acostumada a grandes eventos, logo os colaboradores estão preparados para atender ao público que estará no Brasil para acompanhar o mundial. O diferencial é desta maneira, agora eles poderão conhecer os sabores e temperos exclusivos da marca no Brasil. Além dos planos de expansão da rede em São Paulo, o porta-voz da empresa contou ao que é possível uma mudança no perfil de consumidores por conta dos jogos. “Devemos receber em nossas lojas boa parte dos turistas estrangeiros que estarão no Brasil para a Copa. Isso por conta de a Pizza Hut ser reconhecida mundialmente, o que representa uma segurança aos turistas, por identificarem nosso padrão de qualidade e conhecerem nossos produtos”.

Até no que diz respeito aos cardápios da marca para o público de outras línguas a empresa aponta já estar adaptada. “Os restaurantes da Pizza Hut já contam com cardápios em inglês. Além disso, os nossos colaboradores estão treinados para também saber como atender os turistas estrangeiros”, garantiu Aguirre.

Afora isso, o executivo contou que o cenário de incertezas econômicas e a movimentação por conta das manifestações não mudou a perspectiva da marca com relação ao desempenho dos negócios por conta da realização da Copa no País. “Não houve mudança na projeção da empresa do começo do ano para cá. Continuamos com a mesma opinião e com as mesmas previsões de vendas”, afirmou ele.

E completou dizendo acreditar que o evento trará um bom número de turistas estrangeiros para o Brasil, o que provavelmente poderá gerar bom desempenho às empresas em geral, além da Pizza Hut, em particular, que poderá ter incremento no movimento das lojas e no faturamento.

Mais propaganda
 
No Brasil, a empresa investe em ações de publicidade para conquistar novos consumidores, além de analisar o crescimento por meio de suas lojas nos formatos e a projeção otimista deve-se à última pesquisa de mercado realizado pela Yum! Brands, que aponta o crescimento de consumidores que comem fora de casa no Brasil.
 
“Nossa operação brasileira hoje já representa 18% do faturamento total da marca na América Latina e Caribe, divisão a qual o Brasil pertence. Para 2014, esperamos um crescimento acima de 20% em faturamento, tanto com as lojas atuais como com a abertura de futuras novas lojas”, conta Joana Fleury, Head of Marketing da Yum! Brands.

A executiva diz que o carro-chefe da Pizza Hut que tem mais de 13 mil restaurantes no mundo são a massa e os sabores diferenciados das pizzas, como a Brasileira, elaborada para o paladar do consumidor local.