Oficina de arte e cães terapeutas transformam festa julina da ABF

Oficina de arte e cães terapeutas transformam festa julina da ABF - Colaboradores da ABF com representantes da Capty Group e TAC+, e cães terapeutas

Colaboradores da ABF com representantes da Capty Group e TAC+, e cães terapeutas

Mais do que um momento de integração e confraternização, a festa julina da ABF em 2015 foi uma ação inovadora de caráter sociocultural, educativo e terapêutico. O evento foi realizado dia 8 em parceria com a Capty Group, empresa especializada em captação de clientes e recursos, e desenvolvimento de projetos sustentáveis, com o objetivo de proporcionar lazer e integrar todos os colaboradores da ABF.

Numa oficina de arte, colaboradores da ABF decoraram a festa com materiais recicláveis

Verônica Coto e Marcia Soares, da Capty Group, conduziram uma oficina de arte sustentável para a criação de toda a decoração da festa. Utilizando materiais recicláveis, os participantes puderam resgatar aspectos da cultura brasileira e diferenças regionais.

Uma ação especial desenvolvida pela TAC+ – Terapia Assistida por Cães também marcou o evento, em que três cachorros terapeutas puderam interagir com todos os participantes. Num primeiro momento, os cães visitaram os colaboradores em suas respectivas áreas de trabalho, proporcionando um momento de relaxamento e alegria.

Depois, os animais foram levados ao local da festa, onde ficaram em interação com os colaboradores. “Foi possível notar como esses animais muito bem preparados têm a capacidade de mudar a atmosfera do ambiente trazendo alegria e harmonia para todos”, comenta Claudio Tieghi, diretor de Inteligência de Mercado, Relacionamento e Sustentabilidade da ABF.

Organização não governamental, a TAC + é uma associação formada por duas organizações da sociedade civil de interesse público, a TAC e ABRAHIPE. Unindo seus potenciais e conhecimentos, ambas atuam nas terapias e educação assistidas por animais com elaboração, execução e gestão de projetos sociais nas áreas da saúde humana, cultura, educação e inclusão social, por meio de programas que têm como base a interação entre o homem e os animais.

“A realização de uma simples festa pode ser revestida de propósitos que contribuam para o bem-estar e a qualidade de vida no ambiente de trabalho. Sempre podemos fazer mais e melhor, afinal, a inovação é um dos principais atributos da sustentabilidade”, completa Tieghi.

Fotos: Arquivo ABF