KEMP CRIA METODOLOGIA PARA REDUZIR CUSTO TOTAL DE OBRA EM FRANQUIAS

KEMP CRIA METODOLOGIA PARA REDUZIR CUSTO TOTAL DE OBRA EM FRANQUIAS - Acompanhamento de cada fase do projeto, gestão customizada e escolha de fornecedores

Acompanhamento de cada fase do projeto, gestão customizada e escolha de fornecedores são alguns dos fatores priorizados pelo planejamento para diminuir as despesas dos franqueados e franqueadores

Se o modelo de franquias é um forte atrativo para quem quer começar a empreender, uma vez que oferece as coordenadas e subsídios para o futuro empreendedor, também traz desafios importantes em relação à estrutura: como replicar o modelo exigido pelo franqueador, sem a dor de cabeça típica de uma obra e ainda reduzindo custos?

Visando resolver essa equação, a Kemp, empresa de projetos e gerenciamento de obras, desenvolveu um método próprio para replicar modelos já pré-estabelecidos, porém a custos mais baixos, conquistando uma redução significativa de custo por metro quadrado de implantação.

Um exemplo é a Quiksilver, loja de roupas esportivas, que vem apostando no modelo tanto de franquias como de lojas próprias para expandir sua atuação no varejo.  Para tornar seu projeto de franquias mais competitivo, a rede buscou a consultoria da Kemp que conseguiu reduzir o custo de implantação de uma loja em mais de 20% na parte civil e mais 30% na parte de mobiliários e soluções técnicas,sugerindopequenasalterações do projeto arquitetônico – sem alterar o conceito padrão – as quais foram aceitas pela matriz da rede.

“Já temos o modelo da QuikSilver muito bem definido por nossa matriz. O que buscamos é a melhor forma de replicar esse modelo de uma forma atrativa, competitiva para quem deseja ser um franqueado nosso, sem que isso afete a experiência que a marca quer oferecer para os consumidores nas suas lojas”, explica Paulo Schwarz, gerente de varejo e franquias da Quiksilver Brasil.

“A Kemp tem expertise em replicar modelos de obras já pré-estabelecidos, porém a custos mais baixos, pois cada fase é avaliada, passando pelo projeto arquitetônico, a detalhes de materiais e serviços de fornecedores. A partir desta inteligência, elaboramos um plano customizado e voltado para as necessidades de uma franquia, permitindo que o franqueado priorize o seu core business e reduza o custo por metro quadrado da obra dependendo, claro, do tipo de implantação e loja”, explica Barbara Kemp, sócia-fundadora da Kemp.

Segundo Barbara, algumas medidas que o franqueado pode adotar são:

1. Elaborar projetos executivos (arquitetura, elétrica e ar condicionado) com equipe qualificada, exigindo um memorial descritivo para ser o balizador das licitações. Um bom projeto reduz o custo de implantação e principalmente o custo de manutenção posterior à obra;
2. Exigir orçamento executivo detalhado dos projetos. Com isso é possível avaliar cada item, comparar preços e reduzir custos;
3. Ter o apoio técnico na licitação e cotação de obra, para não ter susto com despesas extras. Algumas construtoras não colocam no orçamento inicial todos os itens necessários e cobram extras ao término do trabalho;
4. Ter um gerenciamento de obra que garanta a entrega no prazo, qualidade de acabamento e instalação e material especificado em projeto;
5. Escolher empresas qualificadas na execução, mesmo que o investimento inicial seja maior, pois a contratada tem responsabilidade técnica e civil pelo que for executado, minimizando custos de manutenção futuramente.
6. Verificar sempre a capacidade da entrada de energia (relógio medidor) do imóvel de rua, pois se houver a necessidade de aumento de carga (mudança do relógio) o custo para alteração é alto, além de levar em média 60 dias. Isso é comum em locais com aparelhos que consomem muita energia elétrica como ar condicionado ou equipamentos de exaustão e refrigeração.