Franquias miram Santa Catarina para a abertura de novas unidades

Diário de Santa Catarina – 20/07 – Janaina Cavalli

Interior do Estado reúne condições econômicas que atendem redes de franchising

O interior de Santa Catarina está no radar das franquias como oportunidade de expansão. Além de abrigar cidades de pequeno e médio porte, que estão no foco do franchising atualmente, a região apresenta um crescimento econômico acima da média brasileira e é considerada um bolsão de circulação de riqueza.

Segundo a presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Cristina Franco, o interesse da indústria nacional de franquias pelo interior do Estado é claro. A diretoria da entidade discute, inclusive, a possibilidade de levar uma feira de franchising para a região.

Para a presidente, o interior de Santa Catarina favorece a expansão de franquias de diferentes segmentos, principalmente beleza, serviços e alimentação.  “Nós temos bolsões no Brasil em que o franchising aposta, porque há circulação de riqueza, que fortalece o varejo e o consumo. É o caso do interior de Santa Catarina. As marcas aspiracionais, que estão nos principais centros, procuram ir ao encontro desse público consumidor”, explica Cristina.

Um exemplo da expansão do franchising para as cidades de pequeno e médio porte do Estado é a Tenco, franquia nacional de shoppings centers. Até o final do ano, a franquia inaugura o primeiro shopping de Lages.

A gerente da Tenco no Sul do país, Debora Souza, afirma que a estratégia de expansão da rede é atender cidades que grandes redes de shoppings costumam não se interessar. E segundo ela, Lages vem mostrando que o investimento inicial de R$ 120 milhões dos quatro sócios locais vai valer a pena.  “A cidade tem uma renda per capta acima da média brasileira e uma área de influência de 20 municípios. Também, em um raio de 200 metros a partir de Lages, não há outro shopping. Nós já temos 50% da nossa ABL (Área Bruta Locável) fechada em Lages, em um ritmo bem melhor que em outras cidades do Brasil”, diz Debora.

A presidente da ABF, Cristina Franco, destaca que as maiores cidades de Santa Catarina, próximas ao Litoral, são regiões consolidadas para o franchising, que continuam na mira da expansão de qualquer grande franquia. Ela ressalta ainda que o Estado é um grande exportador do negócio, representado especialmente pela Portobello Shop, Imaginarium e Malwee. Esta última há pouco adquiriu uma participação em outra rede de franquias de sucesso, a Puket.