Franquias crescem 48,4% no 2º tri e atraem empreendedores; veja histórias de recuperação

Expo ABF Rio
Público em um dos corredores da Expo Franchising ABF Rio 2021: busca pelo negócio próprio

Franquias aceleraram também planos de expansão no 2º tri.

Marcando a retomada, Rio de Janeiro irá receber primeira feira de franquias nacional presencial com opções de investimento de R$ 4 mil a mais de R$ 2 milhões.

O avanço da vacinação e a gradual retomada dos hábitos dos consumidores e da economia abriram caminho para uma recuperação significativa no mercado de franquias. É o que mostrou a pesquisa mais recente da ABF – Associação Brasileira de Franchising, que registrou uma recuperação no faturamento do setor no 2º trimestre de 48,4% em relação ao mesmo período de 2020 (R$ 27,720 bilhões para R$ R$ 41,140 bilhões). Os segmentos de Entretenimento e Lazer, Hotelaria e Turismo, e Moda apresentaram as maiores variações (800%, 400% e 178,2% respectivamente), seguido de Alimentação – Comércio e Distribuição (71,3%), Food Service (47,8%), Limpeza e Conservação (61,9%) e Casa e Construção (41,8%) – este último é um dos principais destaques, pois vem registrando crescimento desde 2020.

O levantamento apontou também que foram abertas 3,9% unidades nesse 2º tri frente a 1,2% no mesmo período de 2020, ou seja, houve uma aceleração dos planos de expansão das redes e a recepção de um volume maior de investidores no setor. Neste momento de forte retomada – as expectativas para o desempenho no 3º tri são ainda mais positivas –, o Rio de Janeiro recebe, de 11 a 13 de novembro, a primeira feira de franquias nacional presencial, a Expo Franchising ABF Rio. O evento irá ocorrer no Centro de Convenções SulAmérica, pretende reunir cerca de 200 marcas e gerar R$ 100 milhões em negócios. Haverá opções de investimento desde R$ 4 mil até mais de R$ 2 milhões.

A ABF reuniu cases de redes de franquias associadas que apresentaram um bom desempenho neste primeiro semestre, inovaram e digitalizaram processos e canais de venda. Há casos de crescimentos de mais de 50% ou que já superam os resultados de 2019 e muitas iniciativas de revisão de portfólio de produtos, digitalização de processos e prestação de serviços, grande expansão de unidades e até a chegada ou fortalecimento de marcas mais novas. Confira abaixo os cases.

5àsec – Tendo a operação brasileira como a maior do mundo, a 5àsec retoma o crescimento da marca no Brasil neste primeiro semestre do ano. Com 479 pontos de operação em todos os estados brasileiros, sendo que 27 deles foram inaugurados em 2021, a maior rede de lavanderias do País registrou um aumento de 19,3% no faturamento até agosto. No mesmo período, houve um incremento significativo de 5,3% base de clientes das unidades, graças ao ingresso de novos consumidores que buscam os serviços da marca. Fatores como o avanço da vacinação e a retomada do trabalho presencial impulsionaram os negócios da 5àsec neste ano. A estimativa da marca é de que esse haja um aumento de 20% no faturamento anual, comparado a 2020. Outra ação que vem auxiliando nos bons resultados conquistados pela rede francesa é o plano de expansão da marca, que tem como meta chegar aos 500 pontos de operação até o fim do ano. Há quatro estados que estão no radar, sendo eles Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais, mas todo o País tem oportunidade para a abertura de uma 5àsec.

Acesso Saúde – A rede Acesso saúde iniciou a recuperação no terceiro trimestre de 2020, apresentando 19%de crescimento referente ao ano de 2019, os meses seguintes continuamos em uma boa crescente. Até o 3º trimestre do ano de 2021 tivemos um crescimento médio de aproximadamente 30 % comparado com 2019, e 29% com 2020. Seguimos firmes e confiantes em fechar 2021 com crescimento total superior a 20%”.

Água Doce – Apesar das restrições e da mudança brusca do comportamento do consumidor, a pandemia também permitiu aos empresários enxergar novas oportunidades dentro dos negócios. Este é o caso da Água Doce Sabores do Brasil que aposta no modelo de negócio híbrido para ampliar atuação em todo o Brasil. Chamado de Água Doce Express, o formato que é mais enxuto e visa oferecer aos clientes refeições rápidas em porções individuais durante todo o dia, e mantendo uma gama de opções para o jantar e happy hour, diferentemente das unidades Master que priorizam o serviço para o jantar e contam com um cardápio com mais opções, além de ofertar uma variedade de batidas, coquetéis e sucos especiais. A rede planeja inaugurar quatro unidades híbridas até o final de 2021 e 15 em 2022. Com o avanço da vacinação, a rede conseguiu recuperar o faturamento no salão pré-pandemia em todo o País. No primeiro semestre deste ano, a franquia registrou um aumento de 15% na receita em comparação com o mesmo período de 2020. Já em julho de 2021, o crescimento foi de 115% com relação ao mesmo mês do ano passado.

Anjos Colchões – A Anjos Colchões & Sofás, rede de franquias especializada em sofás e colchões, teve um crescimento de 107% no primeiro semestre de 2021 quando comparado ao mesmo período do ano passado. Nos seis primeiros meses do ano a rede ainda abriu quase 30 novas lojas, totalizando 150 unidades em 15 estados brasileiros.

Acquazero – Após integrar, no ano passado, os serviços em limpeza de embarcações, aeronaves e serviços residenciais, a Acquazero, maior rede de limpeza ecológica e estética automotiva do Brasil deu um salto em número de unidades este ano, e atualmente soma 640 unidades operando pelo sistema delivery (home office) e loja física no Brasil e exterior. Outro fator que impulsionou esse crescimento foi a tecnologia que a rede já disponibilizava e permitiu a realização dos serviços por meio do delivery de forma eficiente. Com o aplicativo exclusivo da marca, o usuário pode agendar os seus serviços, otimizando seu tempo e recebendo o atendimento em casa ou no trabalho. Ou ainda optar pelo agendamento em uma das lojas com toda a estrutura para cuidar do seu veículo. É possível também acessar o e-commerce e fazer o agendamento on-line. Essas estratégias possibilitaram ainda ao franqueado aumentar seu ticket médio.

Belle.club – Em 2017, o trio de sócios Luis Lanaro, William Alves e Ji Woo — já falecido — fundou o primeiro clube de beleza com serviços ilimitados do Brasil, a belle.club. A empresa iniciou 2021 apenas com a unidade de Sorocaba em funcionamento, a primeira da rede. No primeiro semestre deste ano a marca emplacou três novas praças, duas na cidade de São Paulo e uma, a ser inaugurada, em Belém (PA), o que caracterizou um crescimento de 300% da rede na totalidade. Os sócios devem este crescimento, principalmente, à resiliência. Mesmo diante das incertezas em relação à pandemia e às restrições do período, a belle.club conseguiu manter seus parceiros engajados e, com isso, criou, em parceria com o Instituto Embelleze, o primeiro salão de beleza por assinatura do Brasil, onde a cliente paga uma mensalidade pelos serviços da rede e os usufrui de forma ilimitada. Em 2020, a empresa faturou R$ 1,5 milhão e a previsão para 2021 é fechar com R$ 15 milhões.

Bendito – O Bendito, rede especializada em cafés, cookies brownies, além dos novos lançamentos de produtos, investiu em comunicação e melhoria na percepção de alguns produtos em pontos de venda final, onde conseguiram aumentar o desempenho da marca no geral, movimentando mais as lojas. Além disso, aplicaram novas estratégias de marketing digital, o que elevou os números nas redes sociais.

Bibi – Atualmente, a Bibi está presente em mais de 70 países em todos os continentes via exportação direta a franqueados, lojistas multimarcas, virtuais ou, dependendo da região, também distribuidores. A produção anual de calçados é de 2 milhões de pares nos parques fabris localizados em Parobé, no Rio Grande do Sul, e Cruz das Almas, na Bahia, sendo que 20% serão destinados à exportação neste ano. Em comparação com 2019, a marca registrou um incremento de 27% na exportação de pares para países da América Latina e de 76% para a Europa. Em 2020, a Bibi lançou o e-commerce com venda direta para os consumidores da marca no Chile. O projeto completa um ano em setembro com resultados satisfatórios. Inicialmente, o canal teve um período de maturação, com números crescentes principalmente no último trimestre do ano passado. Com base nas vendas gerais, levando em conta e-commerce, multimarcas e marketplaces, as vendas no Chile tiverem um aumento de 270% quando comparados os anos de 2019 e 2020. Até o mês de julho deste ano, a marca de calçados já registrou um incremento de 10% em relação ao ano passado. Dessa forma, a empresa tem uma perspectiva bastante positiva para País chileno e projeta um crescimento em torno de 60% em relação a 2020.

Bubble Mix Tea – rede de franquias pioneira no preparo da bebida taiwanesa Bubble Tea aqui no Brasil, conseguiu expandir a sua operação durante a pandemia. No final de 2020 a empresa contava com 28 unidades, mas atualmente este número é de 51 franquias em funcionamento, sendo que há mais 19 lojas já comercializadas e que irão inaugurar nos próximos meses. Em questão de faturamento, no ano passado foi de R$ 8 milhões, devido ao início e período de adaptação da pandemia, mas neste ano o valor já passou de R$16 milhões. Para isso a franqueadora criou modelos de negócio, como a nanofranquia, que opera no sistema Store in Store, e lançou um e-commerce (https://bubblemixshop.com.br/). Outro ponto que ajudou, é que a rede está constantemente desenvolvendo novos produtos, como os achocolatados em pó, que são vendidos em latinhas de 200g, e os chás em sachê, que são vendidos em caixinhas (com 10 sachês cada).

Buddha Spa – A demanda reprimida pela pandemia e a maior necessidade de cuidar do próprio bem-estar têm levado o Buddha Spa, rede de spas urbanos do país, a alcançar recordes históricos de faturamento. O faturamento do primeiro semestre de 2021 teve um crescimento de 56% se comparado ao mesmo período de 2019. O mês de maio de 2019 havia sido o melhor mês em faturamento da rede desde sua fundação, em 2001. Maio de 2021, no entanto, superou esse marco em 25%. Desde junho, a rede vem quase dobrando seu faturamento na comparação com os mesmos meses de 2019. Em junho, o crescimento foi de 71,5% em relação ao mesmo período de 2019 e em julho esse índice chegou a 87,8%.  A representatividade das vendas pelo site do Buddha Spa – com execução das terapias nas unidades da rede – tem aumentado cada vez mais. Nos últimos dois meses, o crescimento do e-commerce foi de 110% sobre 2019. Hoje, o site é responsável por cerca de 25% das vendas da marca.

Cacau Show – A meta do ano é abrirmos 500 novas lojas em 2021. Nos primeiros cinco meses do ano inauguramos 100 unidades, e já estamos com 300 lojas inauguradas até o momento.

Casa do Construtor – Mesmo com um cenário de incertezas, a Casa do Construtor – maior rede franqueadora de locação de equipamentos para construção civil e soluções para o dia a dia da América Latina – vem mantendo forte o ritmo de expansão de 2020. O primeiro semestre do ano foi tido como o melhor de sua história. No período, foi registrado crescimento de 57,6%, com faturamento de R$ 263,4 milhões. A lucratividade média (42%) e a venda de franquias (61 unidades) também atingiram níveis históricos. A empresa espera fechar o ano faturando R$ 440 milhões, 400 unidades em operação e 100 franquias vendidas. Este bom desempenho pode ser atribuído à resiliência do modelo de negócio, além do aquecimento da construção civil e aos hábitos de maior permanência e valorização da casa em decorrência de necessidade de isolamento social.  Segundo uma pesquisa realizada pela empresa, 60% dos brasileiros fizeram algum tipo de melhoria ou reforma durante essa e outros 70% ainda pretende fazer algo neste sentido o que contribui para manter o setor em alta.

CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos) – O CEBRAC, com mais de 150 unidades de franquias espalhadas pelo país, enfrentou os desafios que a pandemia trouxe à economia e se inovou com uma nova estrutura de franquia, o S-Edtech. O investimento foi favorável especialmente ao se tratar de um período desafiador que gerou novos hábitos de trabalho, como o revezamento entre casa e escritório (sistema híbrido). O novo modelo de franquia atende aos novos padrões de trabalho, com uma estrutura mais compacta e moderna, e possui um preço de investimento menor em relação aos outros modelos. O resultado é a expansão de negócio da área de educação que mostra que apesar dos impactos de saúde e econômico que a pandemia causou, o CEBRAC apresentou uma recuperação no segmento de franchising se reinventando. O modelo de franquia S-Edtech pode ser implantado em cidades menores com uma área média de 200m², e capacitar mais profissionais para o mercado de trabalho, com prazo médio de retorno do investimento: de 18 a 24 meses.

Clinicão – Com 27 anos no mercado, a Clinicão é a primeira franqueadora de serviços veterinários do Brasil e está inserida em um segmento que não para de crescer. Em 2020, mesmo com a pandemia, a rede cresceu 30% através de suas unidades em São Paulo e Minas Gerais, faturou R$ 2,5 milhões e o plano de expansão é abrir mais 12 clínicas na região até o fim do ano. Já no primeiro semestre deste ano, apresentou um crescimento de 34,23% em comparação ao mesmo período do ano passado. Isso ratifica o trabalho conjunto de toda a rede; da franqueadora em relação ao suporte contínuo oferecido, e dos franqueados e colaboradores em manter o padrão de qualidade e comprometimento na excelência na prestação de serviços aos clientes.

Criamigos – A Criamigos, rede de franquias com oficinas que permitem às crianças materializarem a criação e personalização de um bichinho de pelúcia, mais que dobrou o faturamento do primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano em 2020. No primeiro semestre de 2020 a empresa contava com 19 lojas e contabilizou um faturamento total de R$ 9.500.000,00. Já no mesmo período do ano em 2021, a marca estava com 31 lojas, em vários estados brasileiros, e faturamento total de R$ 21.500.000,00. Só em outubro, mês das crianças, a rede vai faturar R$ 9 milhões. Alguns fatores foram responsáveis por esse crescimento: a empresa ganhou muito valor, tornando-se mais conhecida e tendo a demanda aumentada, o consumidor passou a dar mais valor a experiência e momentos em família além de apresentar um mix de produtos atrativo e variado.

ClenNew – A rede de higienização e blindagem de estofados CleanNew, teve um crescimento considerável em 2021, a média do ano foi de 93% se comparado ao mesmo período do ano passado. No primeiro trimestre de 2021 o aumento foi de 141% e no segundo, 144%. A franquia está presente em 20 estados brasileiros, além de franqueados na Colômbia, Argentina e EUA.

Depyl Action – primeira franqueadora especializada em depilação do Brasil, teve um crescimento de 47,8% no faturamento comparado ao mesmo período do ano passado. A alta é reflexo direto do avanço na vacinação contra a COVID-19 e a diminuição no índice de infectados, que permitiu a retomada segura de clientes nas lojas. Tradicionalmente, o terceiro trimestre representa 24% dos resultados gerais do ano para a empresa. Em preparação, a Depyl Action realizou uma maior divulgação da marca, que completou 25 anos em outubro, com promoções e maior presença na mídia. A empresa também apostou em treinamentos online, que foram disponibilizados para a equipe de vendas, e premiações para colaboradores de destaque em cada franquia.

Divino Fogão – Em janeiro de 2020, o recém-lançado serviço de delivery estava presente em apenas em alguns dos 194 restaurantes do Divino Fogão localizados nas praças de alimentação de shopping centers, em diferentes estados brasileiros. Com a chegada da pandemia e o isolamento social, o delivery tornou-se a principal atividade no segmento de alimentação. Hoje, a marca conta com mais de 110 unidades com o serviço em operação e mais 15 em fase de ativação. Se compararmos o primeiro trimestre de 2020 com o mesmo período de 2021, a rede registrou um crescimento de 492% no faturamento via entrega de refeições com sabor da fazenda. Se compararmos o início da pandemia, em março de 2020, com o mesmo período deste ano, houve um incremento de 664% no faturamento das lojas via delivery. Hoje, o tíquete médio dos pedidos está em R$ 39,81. Acreditamos que a tendência é que as vendas continuem subindo, até termos 100% das unidades da rede operando por meio deste serviço.

DrogaVet – O crescimento da DrogaVET no 1° Semestre 2021 foi de 37%  comparado com o mesmo período anterior. Como prioridade, a rede, pioneira em manipulação de medicamentos veterinários, ajustou seu atendimento e suas ações de marketing ao consumidor final. Primeiro, implementou ações contingenciais para aprimorar a operação de vendas para os canais online: WhatsApp (que foi automatizado) e e-mail, com entrega via delivery.  Em seguida, reformulou seu plano de marketing para o digital, criando ações focadas nos tutores dos pets e reforçou seus investimentos na área de pesquisa e desenvolvimento (P&D). O crescimento das vendas também foi acompanhado de um forte crescimento por novos candidatos à abertura de unidades franqueadas, com aumento de 40% no número de unidades franqueadas (unidades abertas e em fase de implantação), levando a uma reestruturação nas equipes de implantação e atendimento aos franqueados. Como consequência e na contra-mão de muitas atividades que tiveram que reduzir seus quadros, a franqueadora segue aumentando a contratação de novos colaboradores para as mais diversas funções em todo o Brasil, contribuindo de forma efetiva e consistente para a recuperação da economia do País.

Dr.Shape – A Dr. Shape – maior rede de franquias de suplementos alimentares e artigos esportivos da América Latina, com mais de 70 lojas em 15 estados brasileiros e no Distrito Federal, mostra números positivos de crescimento durante a pandemia: a marca expandiu seu faturamento em 13% no último ano, o que demostra alto potencial do setor. Em relação ao terceiro trimestre de 2021, o crescimento de faturamento da rede ficou em 29%, se comparado ao mesmo período de 2020.

Emagrecentro – A Emagrecentro, uma das maiores redes de emagrecimento e estética corporal, teve um crescimento de 49,3% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Os resultados são frutos das estratégias adotadas desde o início da pandemia, mesmo fazendo parte dos comércios considerados essenciais, a rede lançou o serviço de emagrecimento em casa, que contempla consultas online e entrega de produtos por drive-thru, delivery ou por sedex, inclusive isso gerou uma nova forma de receita para a empresa, que sem a barreira física consegue atender consumidores do país todo, mesmo em locais que não há loja. A rede também lançou uma linha de bebidas alcoólicas zero carboidrato e zero açúcar.

Embelleze – No primeiro semestre de 2021, o Instituto Embelleze, maior rede de franquias do segmento de beleza da América Latina, passou pelo segundo fechamento das escolas, o que prejudicou a recuperação. No entanto, considerando os segundos e terceiros trimestres deste ano, o faturamento se recuperou em mais de 30% e mais de 90% em vendas. Para isso acontecer, o Instituto investiu em três pilares: melhoria da operação com o modelo semipresencial Do Seu Jeito, novos cursos no portfólio, como Micropigmentação e Massagem Avançada, e foco em consultoria e treinamento para os times comerciais das unidades; novas fontes de receita dentro do mundo digital com o Embelleze Educa, nossa plataforma de assinatura, e cursos de especialização em parceria com a Uniasselvi e ampliação dos modelos de negócio com o Embelleze PRO, no qual salões de beleza poderão utilizar os espaços para aplicarem cursos profissionalizantes do Instituto Embelleze.

Empada Brasil – Criada em 1999, a partir das receitas (guardadas a sete chaves) de uma família mineira radicada no município de Petrópolis, região serrana do estado do Rio de Janeiro, desde os anos de 1970, a marca conta com 33 unidades em seis estados brasileiros através de dois modelos de negócios. Mesmo atuando com apenas 60% da sua capacidade operacional, devido à pandemia, a franquia faturou R$ 9 milhões em 2020 e estima fechar 2021 com R$ 13 milhões. No primeiro semestre deste ano a marca apresentou um saldo positivo de 12% de crescimento em relação ao mesmo período de 2020. Os sócios creditam essa recuperação à retomada da abertura dos restaurantes, e também ao avanço da vacinação, que passa mais segurança às pessoas, além de demonstrar perspectivas melhores de empreender no ramo. As próximas inaugurações estão previstas ainda para o mês de outubro na cidade de Limeira (SP), São José dos Campos (SP), e também no bairro paulistano Itaim Bibi, a 14ª na cidade de São Paulo.

Emporium da Beleza – Em 2020, a Emporium da Beleza, rede 6 em 1 que democratizou os serviços de estética avançada e emagrecimento para todo Brasil, cresceu 309% e faturou R$ 20 milhões. No primeiro semestre de 2021, com um forte trabalho de expansão, investimento em novos serviços e uma estratégia de vendas em parceria com sites de compras coletivas, a Emporium da Beleza faturou o triplo. “Hoje já passamos dos R$ 80 milhões e temos quase 80 franquias”, comenta Ana Paula Ferro, CEO e fundadora da rede.

Energy Brasil – No primeiro semestre, a Energy Brasil, maior franquia de energia solar do país, conquistou mais de 100 franquias. Além disso, nesse período, a franquia formatou um novo modelo de negócio, a Loja Container, que pode ser instalada em estacionamentos, postos de gasolina, supermercados e outros espaços estratégicos, como condomínios residenciais. “Lançamos também a Energy Pay, meio de pagamento exclusivo da rede, que conta com maquininha própria. Na prática, permite condições mais favoráveis e, sem burocracia, para a compra de kits solares”, diz Túlio Fonseca, Sócio-Fundador da Energy Brasil. Atualmente, a rede conta com mais de 400 franquias em todos os estados do país.

Espetto Carioca – Rede de bares e restaurantes, neste primeiro semestre de 2021, buscou estratégias que integrassem uma comunicação mais humanizada. Além de implementar novos produtos para incorporar na rede, no qual firmaram parcerias com empresas estratégicas. Também, refinaram as estratégias de delivery, que aumentou em até 25% as vendas e consequentemente os resultados das lojas.

Fábrica de Bolos Vó Alzira – Apesar de termos crescido 71% em relação ao primeiro semestre de 2020, nossa meta era crescer 85% nesse primeiro semestre em relação ao semestre anterior. Embora estejamos bem acima da média de mercado do nosso segmento, nós tínhamos uma expectativa de uma recuperação mais forte da economia, sobretudo no nosso negócio. Porém, atribuo a nossa recuperação à três pilares principais: nossa assertividade de lançamento de novos produtos, ampliando nosso mix e gerando maior sortimento em diferentes ocasiões de consumo; nosso grande foco no delivery, que cresceu muito nos últimos 12 meses; e a nossa comunicação muita próxima, um diálogo aberto com a rede, que permite estarmos em constante aprendizado e tomar decisões rápidas aderentes ao que a ponta precisa. Esses foram os principais fatores que fizeram com que nós respondêssemos rápido à essa pandemia.

Face Doctor – Mesmo dando entrada no franchising no auge da pandemia, em 2020, a rede de Harmonização facial e depil laser, Face Doctor, mostrou que seu modelo de negócio é altamente rentável para os franqueados. Os resultados são comprovados com o aumento de 130% no faturamento da marca no primeiro semestre de 2021 em comparação aos seis meses anteriores, fruto do crescimento do faturamento das operações e da expansão.

Flamy – rede de franquias do segmento de confeitaria, dobrou de tamanho no terceiro trimestre de 2021, com um crescimento de receita em 61%. Hoje, existem 20 franquias Flamy em funcionamento e 11 em fase de implantação em sete estados do Brasil. A empresa também conta com uma franquia internacional, localizada em Lisboa, Portugal.
Completando duas décadas este ano, a Flamy apostou no delivery como projeto de expansão avançado e dobrou o número de franqueados em 10 meses. A Flamy, rede de franquias do segmento de confeitaria, dobrou de tamanho no terceiro trimestre de 2021, com um crescimento de receita em 61%. Hoje, existem 20 franquias Flamy em funcionamento e 11 em fase de implantação em sete estados do Brasil. A empresa também conta com uma franquia internacional, localizada em Lisboa, Portugal. Completando duas décadas este ano, a Flamy apostou no delivery como projeto de expansão avançado e dobrou o número de franqueados em 10 meses.

Frango no Pote – A rede de franquia Frango no Pote faturou mais que o dobro no primeiro semestre de 2021 em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em junho de 2020 a empresa tinha 18 lojas e o faturamento de janeiro a junho foi de R$ 1.790.693,10. Em junho de 2021, a marca contava com 39 lojas e faturamento semestral de R$ 3.781.427,05. Em agosto de 2020, a empresa deu início a uma expansão agressiva, passando de 18 lojas em Brasília (agosto/20) para 27 lojas (dez/20) e 39 lojas (jun/21). Além da estratégia de expansão agressiva, a empresa atribui o crescimento a venda de um produto de grande aceitação, adaptado ao paladar brasileiro. A forte parceria com o Instagram também contribuiu para o sucesso, assim como maior divulgação (boca a boca e redes sociais). O plano de expansão visa a interiorização da marca, majoritariamente lojas de rua. Previsão é fechar o ano de 2021 com 62 lojas e faturamento de R$ 6.550.000,00.

Giraffas – A rede adequou suas operações ao período da pandemia acelerando um planejamento que já estava sendo discutido internamente, com ações tais como: 1. otimização do cardápio, visando redução de custos de estoque e maior facilidade operacional na ponta; 2. lançamento de formatos para redução do investimento inicial, como o Giraffas Burger; 3. aceleração do treinamento remoto com o fortalecimento do Universo do Saber, nome da nossa plataforma de EAD; 4. fortalecimento do modelo de delivery, busca de novas alternativas para este canal e uso mais intensivo de tecnologia embarcada à gestão.

Guia-se – Fundada em 1997, a Guia-se é hoje a maior franquia de marketing digital do Brasil. No primeiro semestre de 2021, a rede apresentou um crescimento de 49,30% em relação ao mesmo período do ano anterior. A franqueadora atribui o seu crescimento ao suporte oferecido aos franqueados, atuando ativamente com treinamentos, webinars de atualizações, novas parcerias e ferramentas, mentorias e consultorias. A empresa vem crescendo em números de unidades também. Em comparação ao número de praças ativas no mesmo período do ano anterior, a rede apresentou um crescimento de 13,24%, já tendo sido abertas neste ano 44 novas unidades, chegando a mais de 160 franquias pelo Brasil, Estados Unidos, Canadá, Espanha, França e Portugal.

Grupo Kalaes – A holding multisetorial de franquias das marcas Instituto Ana Hickmann, Além do Olhar – Ateliê de Sobrancelhas, Maislaser e OdontoSpecial inaugurou quase 100 franquias no primeiro semestre. Neste período, ainda lançou o cartão de crédito próprio das redes Instituto Ana Hickmann, Além do Olhar – Ateliê de Sobrancelhas e Maislaser com o objetivo de facilitar o acesso aos serviços oferecidos e fidelizar os clientes. Outra medida da rede para fidelizar os clientes foi o lançamento do ClubeMais, um programa de benefícios com descontos especiais exclusivos. “Com o trabalho de expansão e as novidades, o Grupo Kalaes aumentou o faturamento em 20% em comparação com o mesmo período do ano passado”, comenta Sidney Eduardo Kalaes, CEO da holding, que hoje conta com mais de 400 franquias.

Halipar – A Halipar (Holding de Alimentação e Participações), que gerencia as marcas Griletto, Montana Grill, Jin Jin e Croasonho, mesmo em um cenário desafiador, superou em 5% o número de lojas projetadas até agora, inclusive com a implantação de novos modelos de negócio, como o Halifood, que reúne três marcas da holding em um mesmo espaço, com cozinha e sistema compartilhados, e a Croasonho Café, que visa atender espaços corporativos. Devido à necessidade do isolamento social e fechamento e/ou redução do horário de funcionamento dos shopping centers, as redes intensificaram o atendimento via delivery. Durante esse período, a Halipar também atualizou a comunicação visual de suas lojas (materiais impressos e digital/TVs), e aplicou treinamento on-line para os gerentes das operações, capacitando todas as unidades e seus colaboradores para a retomada. As marcas Griletto, Montana Grill e Croasonho ainda investiram na renovação de seus cardápios lançando produtos; Griletto e Jin Jin promoveram festivais de massas e yakissobas, respectivamente; além de promoções pontuais desenvolvidas por cada rede.

Hey Peppers! – A Hey, Peppers!, franquia de escolas de inovação bilíngue, fundada pelas irmãs e professoras Tamara e Bianca Dewes no município de Santa Rosa (RS), em 2013, hoje, conta com 30 unidades, 25 no interior, sendo 27 no Rio Grande do Sul, duas em Santa Catarina e uma no Paraná. Sua meta agora é ampliar a atuação por toda região Sul, partindo da experiência bem-sucedida em cidades menores para impactar as dos demais estados. No primeiro semestre de 2021, a rede apresentou um crescimento de 4,11% e deve ultrapassar a marca de R$ 8,5 milhões em receita até o final deste ano. O crescimento, mesmo em meio à pandemia, que afetou muito o setor educacional, deve-se ao suporte intenso, a quantidades de treinamento e acompanhamento semanal com os franqueados nas principais áreas: comercial, pedagógica e de gerenciamento.

Hinode – O Grupo Hinode acelerou seu processo digital durante a pandemia em todos os segmentos da marca. Implantou nas mais de 370 franquias o take away e o sistema de delivery, responsáveis por agilizar a retirada de produtos por seus consultores, além do atendimento via Whatsapp. Criou em novembro de 2020 o Catálogo Virtual viabilizando para seus consultores o pedido online. Desde o seu lançamento, o catálogo registrou 109.49 milhões de page views e movimentou mais de 358 mil itens no carrinho. Para facilitar o recebimento das vendas online foi implantado o app GetPay, para o pagamento via link gerado pelo aplicativo, um facilitador da venda online tanto para o consultor como para o franqueado.

Ice Creamy – Na Ice Creamy, a recuperação motivou a implantação do delivery e a adoção do modelo “3 em 1”, que uniu as operações de sorveteria, cafeteria e revenda. Esta última estratégia – criada para abrir canais de distribuição e revenda – levou a fábrica a desenvolver novos produtos. A franqueadora treinou os franqueados para atuar em mais este canal. O incremento do faturamento da franquia pode chegar a 25%. A expansão seguiu ancorada em ações estratégicas: campanhas de descontos e parcelamentos na taxa de franquia, planos de aquisição de lojas já montadas, repasses de unidades em operação e financiamento bancário. Para os clientes, a franqueadora também desenvolveu campanhas especiais no Dia do Sorvete, Dia das Crianças e, em breve, Black Friday. Desde o início da pandemia (abril /2020) já inauguramos 50 unidades no Brasil.

iGUi – O primeiro trimestre deste ano foi um dos recordistas em desempenho nos últimos 26 anos da iGUi – líder global na fabricação e comercialização de piscinas em poliéster reforçado com fibra de vidro (PRFV). “Esse resultado reafirma o excelente trabalho de máster franqueados, franqueados, seus colaboradores e todos os colaboradores da rede iGUi; o acerto das nossas estratégias de vendas, de valorização do e-commerce, das redes sociais, da intensificação da capacitação online dos nossos franqueados por meio da UniGUi, entre outras medidas que foram muito importantes nesse período de pandemia”, explica Filipe Sisson, fundador e CEO da iGUi. Além disso, o bom desempenho de Casa e Construção tem também contribuído para os resultados positivos da iGUi. Fatores como a maior permanência das famílias em casa para manter o distanciamento social, a valorização do bem-estar, do lazer das famílias e dos próprios imóveis, com reformas e a instalação de piscinas também levaram ao aumento das vendas da iGUi.

IP School – Inglês Particular – A IP School – Inglês Particular é uma rede de ensino exclusivo do idioma inglês com aulas particulares, com 13 unidades no estado de São Paulo (três escolas físicas e dez microfranquias home based). Teve crescimento em número de unidades franqueadas, passando de cinco para 13 unidades, no período, e, consequentemente, de faturamento da rede. Porém, pensando no faturamento das unidades que já existiam, no começo da pandemia elas passaram por algumas dificuldades, como cancelamento de matrículas, porque os próprios alunos não sabiam o que aconteceria com seus empregos e outros não entendiam bem que a metodologia se adequaria perfeitamente ao ambiente virtual. “Levamos dois ou três meses para que tudo entrasse novamente no eixo. Houve uma adequação de horários, tivemos que aguardar a acomodação natural do mercado e o medo inicial passar e, após esse período, os alunos começaram a retornar. Muitos voltaram e outros, novos, foram conquistados”, lembra Rauel Araruna, franqueador. Assim, o crescimento real de faturamento da rede, sem contar as unidades novas, foi de 20%.

Le Briju – A rede que atua no segmento de Acessórios de Moda tem oito lojas na capital paulista e, assim como todos os lojistas de shoppings, sentiu seu faturamento em queda no começo da pandemia, principalmente com o fechamento destes estabelecimentos. Com a estratégia de curadoria de moda, atendimento personalizado, vendas por WhatsApp, delivery e e-commerce, a marca sentiu uma boa recuperação em seu faturamento, especialmente a partir do último trimestre de 2020. “Um dos fatores que nos beneficia é que não temos uma concorrência direta nos shoppings. Nossas lojas são de layout único, com proposta inovadora em design e visual merchandising, que permite a circulação da cliente para excelente experiência de compra”. Em alta, o faturamento das lojas apresentou incremento de 172% no terceiro trimestre em 2021 em relação ao mesmo período de 2020. A marca possuía o mesmo número de lojas no período e abrirá a primeira franquia, em São Caetano do Sul, na segunda quinzena de novembro.

Loft – A Loft, rede de franquias de produtos eletrônicos e acessórios, criada em 2013, em Florianópolis (SC), pelos sócios Marcos André e Rachel Fita, conseguiu apresentar um crescimento de 42% no primeiro semestre de 2021 em relação ao período homólogo. A aposta para manter a rede em pleno crescimento foi investir em tecnologia para melhorar os seus serviços, e negociar melhores preços e tarifas com seus parceiros, a modo de impactar menos no faturamento dos franqueados. Todas as estratégias aplicadas possibilitaram a manutenção das unidades franqueadas e, para este ano, a rede já tem praças engatilhadas e espera abrir 20 unidades em diferentes capitais: São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Recife (PE) e Palmas (TO). O faturamento esperado pela marca para 2021 é de R$ 60 milhões.

Love Gifts – Fábio Farias, fundador da Love Gifts, rede de franquias de presente criativos, conta que no começo da pandemia chegou a acreditar que teria de fechar as portas pois com o isolamento social e a falta de festas eles não conseguiriam manter o faturamento, por isso, ele precisou agir rápido e em agosto de 2020 criou o modelo home based. Em 2021, o modelo se tornou um dos queridinhos dos franqueados fazendo com que no primeiro semestre do ano, a marca crescesse mais de 100%. Além disso, a rede passou a investir também em fabricação de produtos próprios, criando linhas especiais para datas comemorativas (como dia das mães, namorados, etc), essa novidade fez com que houvesse um crescimento expressivo no faturamento da rede.

Mais 1 Café – A Mais1 Café – maior rede de café especiais com atendimento digital, com conceito internacional e inovador – fundada em dezembro de 2019, em Curitiba/PR, foi um destaque de crescimento dentro do franchising. A rede que traz a proposta da praticidade do conceito “to go” (para levar), conseguiu um crescimento real de 122,14% no primeiro semestre. De janeiro a junho, a   franqueadora abriu 57 lojas e fechou 67 novos contratos. Atualmente, a Mais1 Café conta com 340 unidades e pretende encerrar o ano com 450 franquias.

Mané – Com a flexibilização de restrições da pandemia, houve a chegada de novas oportunidades para o Mané, rede de boteco carioca, que no fim de junho passou a fazer parte do Grupo Impettus, holding comandada por Leandro Souza e Bruno Gorodicht. Com a nova parceria, a marca busca a expansão em outras regiões do país, inclusive internacionalmente. Além disso, durante o período, a rede também ofereceu descontos de flexibilização do pagamento ao franqueado e saiu de quatro para oito operações. Até o final deste ano, pretendem faturar R$ 20 milhões.

Maple Bear – Mesmo durante a pandemia, o ensino bilíngue regular (Infantil, Fundamental e Médio) continua a atrair cada vez mais famílias brasileiras. A Maple Bear, rede de escolas de ensino bilíngue com metodologia canadense, registrou um crescimento no número de matrículas de 18% no primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período de 2020, e de 40% em relação a 2019. Com isso, a rede, que atualmente conta com 159 escolas em atuação no Brasil em todos os estados, chegou a mais de 30 mil alunos em território nacional. Ao final do próximo ciclo, que começa em fevereiro de 2022, a Maple Bear deve atingir a marca de 36 mil alunos matriculados. Neste período (2020 e primeiro semestre de 2021), a rede inaugurou 20 escolas e tem mais 70 em implantação.

Maria Brasileira – Apesar da crise, 2020 foi o melhor ano para a Maria Brasileira, maior rede de serviços e cuidados residenciais e corporativos, com a abertura de 92 novas unidades, isso porque seu modelo de negócio foi enquadrado como essencial para conter o avanço da Covid-19. Para acelerar o crescimento, a rede investiu em contratação de pessoas, em mídias sociais, em marketing, inclusive com a contratação da atriz Deborah Secco como garota propaganda da marca, e a implementação do serviço de sanitização. Atualmente com 403 unidades espalhadas por 25 estados e o Distrito Federal, a Maria Brasileira pretende chegar a 420 unidades até o final do ano, com faturamento de R$ 105 milhões, e crescer 20% em número de unidades em 2022, chegando a 500 unidades.

Megamatte – “Com gestão planejada, foco, muito trabalho e uma parceria firme entre franqueadora e franqueados, a rede Megamatte apresentou um crescimento de 10% no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano anterior. Nossa rede realizou ações estratégicas que incluíram o aumento da rentabilização do ticket de compra (upgrade e inserção de vendas casadas); o lançamento de novos produtos, como a carta de café, que aumentou nosso mix e trouxe muito valor agregado ao cardápio; e investimento em tecnologia, principalmente no delivery. O crescimento na abertura de novas lojas também impactou positivamente nossos resultados. Dessa forma, atuamos diretamente na organização da rede e estamos prontos para uma retomada ainda maior da economia. Recebemos também o título de Melhor Franquia no Segmento Cafeteria e Confeitaria, em pesquisa da PEGN. Continuamos focados em fortalecer o nosso negócio como um todo, franqueadora, franqueados, fornecedores e consumidores, na expectativa de fechar 2021 bem mais otimistas”, Julio Monteiro – CEO da Rede Megamatte.

Mercadão dos Óculos – Com uma estratégia voltada para pequenas cidades e multifranqueados, o Mercadão dos Óculos inaugurou 70 franquias no primeiro semestre. “No ano passado, abrimos 127 lojas no total. Neste, em apenas seis meses, superamos a metade”, comenta Gustavo Freitas, CEO da rede. A projeção da franquia é inaugurar outras 107 ainda neste ano e bater a marca de 600 lojas. “Cerca de 53% das franquias da rede pertencem a multifranqueados. São investidores satisfeitos com o negócio, que compram a segunda, terceira ou quarta ótica da rede”, explica Fábio Nadruz, diretor de operações do Mercadão dos Óculos. Atualmente, a rede conta com mais de 500 lojas.

Mercadótica – Fundada em 1991 por Joaquim Farias, a Óticas Mercadótica completa 30 anos em 2021, e cada vez mais se consolida como uma marca consagrada no mercado. A primeira franquia óptica da Bahia entrou para o franchising em 2012, e conseguiu um crescimento de 46% já no primeiro semestre de 2021 em relação ao período homólogo. A marca recorreu ao uso de data anatalytics para uma gestão mais apurada, de modo a entender quais públicos havia a necessidade de estabelecer uma melhor comunicação, e a partir dos resultados, apostaram no impulsionamento nichado em suas redes sociais. A marca acaba de inaugurar uma praça em Vitória (ES), e está em processo de negociação para a abertura de outras três na região nordeste do país. A rede, que faturou 11 milhões de reais em 2020, pretende fechar este ano com R$ 15 milhões.

Minds Idiomas – A Minds Idiomas, com mais de 70 unidades espalhadas pelo país, é uma escola de idiomas que apresenta excelência em franchising e se destaca por ser referência em cursos de inglês. A estratégia digital foi importantíssima em tempo de pandemia, na qual a Minds Idiomas conseguiu visualizar a importância das aulas também poderem ser 100% online. A Minds Idiomas enfrentou os impactos financeiros causados pela pandemia atualizando os seus produtos e materiais didáticos com mais tecnologia. Com os produtos modernos, a Franqueadora Minds Idiomas se destaca por apresentar uma recuperação no negócio de franchising e por continuar se expandindo através de sua reestruturação que atende às expectativas de seus franqueados e de seus alunos. A Minds Idiomas foi a primeira rede de franquias a ter o sistema 100% ao vivo e online, com o objetivo de transmitir aulas de qualidade e com professores capacitados a qualquer momento

Mineiro Delivery – rede de franquias de restaurantes de comida mineira, Mineiro Delivery, cresceu 150% desde julho de 2020. Foram inauguradas 22 novas unidades em 2021, sendo previstas mais 4 unidades até o fim do ano, quando a empresa também atingirá a liderança do mercado de comida no box. O faturamento geral da rede cresceu em 42% em comparação com o terceiro trimestre do ano passado. O aumento é atribuído ao modelo de negócio, baseado no delivery, e à uma boa comunicação com seus franqueados. “Durante a pandemia, intensificamos a comunicação com nossos franqueados através de uma ferramenta de videoconferência semanal. Levamos profissionais de todos os setores envolvidos na nossa estrutura para assegurar os franqueados que iríamos passar por isso e sairíamos ainda mais fortes”, conta Dhionatan Paulino, CEO do Mineiro Delivery.

Monitorias Reforço Escolar – nasceu com intuito de ajudar alunos no aprendizado escolar. Durante o período de pandemia, devido ao déficit no aprendizado dos alunos, a busca pela franquia começou a crescer. Com aulas personalizadas, elaboradas de acordo com a necessidade individual de cada aluno, a Monitorias oferece uma avaliação pedagógica gratuita, que busca entender quais são as necessidades e o perfil do aluno, para que a partir disso seja escolhido o melhor professor de acordo com a sua real necessidade. Nos últimos 6 meses, a franquia triplicou de tamanho, e conta atualmente com 48 unidades ativas, espalhadas por várias regiões do Brasil. A rede opera apenas no formato home based, e por isso tem baixo custo de investimento, com aulas 100% on-line, oferecendo praticidade e comodidade ao franqueado, já que ele pode fazer a gestão da sua unidade de onde preferir. Além disso, a franqueadora oferece mentorias constantes em grupo e individuais com toda a rede, bem como uma plataforma desenvolvida especialmente para o gerenciamento das franquias, o que tem agradado os franqueados e investidores na busca pelo próprio negócio.

Mr. Cheney – O Mr. Cheney – rede de cookies tipicamente americanos – apresentou um bom ritmo de recuperação no primeiro trimestre de 2021. Segundo Lindolfo Paiva, sócio-fundador da marca, os bons números foram sentidos tanto nas vendas das guloseimas americanas, quanto na expansão da rede. “Temos trabalhado muito no fortalecimento das vendas físicas e também nas vendas pelo e-commerce, que durante o isolamento social foi redesenhado para atender ainda melhor nossos clientes, sem deixar de oferecer a experiência de consumo que é o nosso grande diferencial. No período, foi registrado crescimento nas vendas e na expansão”, explica.

MyLash – Para manter essa alta, a franquia vem apostando no trabalho de marketing para alcançar novos clientes, e campanhas promocionais. Além da estratégia em mídias digitais, também realiza ações como o ‘Experimente MyLash’, onde a cliente tem a opção de realizar o serviço e caso não goste não paga nada; ações promocionais de PDV, e na campanha Seja influenciadora MyLash, onde a cliente ao indicar suas amigas acumula pontos e troca por prêmios. A ideia principal é sempre trazer o cliente para dentro das lojas trabalhando a conversão em vendas e fidelização.

OdontoCompany – Em franca expansão pelo país, a maior rede de clínicas odontológicas do mundo, OdontoCompany, acumula um crescimento de 112% em comparação aos seis primeiros meses de 2021 contra o mesmo período de 2020. Com 268 operações inauguradas, entre janeiro e junho deste ano, a rede já gerou 3.484 vagas de empregos diretos distribuídos por todas as regiões do território nacional e a meta é abrir mais 198 operações até dezembro, o que vai resultar em mais 2.574 postos de trabalho. Os investimentos constantes da marca em tecnologia foram fundamentais para os resultados, tais como em telemedicina, uma ferramenta disponível para atender ao público, e a criação de uma plataforma de ensino à distância para capacitar e treinar os empreendedores e as equipes.

Oral Sin – A rede dinamizou seus processos de treinamento para plataformas on-line através de uma trilha do conhecimento, onde os colaboradores podem ter acesso a todo conteúdo por EAD – Universidade Oral Sin, com simulações virtuais, consultoria de RH e participação dos projetos pós-inauguração. Além disso, foi implementado um chatbot com intuito de melhorar as conversões do topo do funil de toda a Rede. Além de proporcionar mais agendamentos nas unidades, o sistema eletrônico envia lembretes das consultas para diminuir o problema das faltas, e tem funcionalidades de marketing através de um atendimento ágil e imediato.

Oral Unic – Fundada em 2016, pelo dentista Nadim Farid Nicolau Neto, vem crescendo de forma acelerada desde o primeiro semestre de 2021, mesmo em meio a pandemia mundial. Até junho desse ano, a franqueadora de clínicas odontológicas premium, que nasceu em Santa Catarina, faturou mais de 249 milhões de reais, e a previsão é que atinja mais de 700 milhões até dezembro do mesmo ano. Atualmente são mais de 150 clínicas implantadas em todo o Brasil e mais de 350 unidades vendidas até outubro deste ano. A projeção para 2022 é romper a barreira de 1 Bi de sellout da rede. Para atingir esses números impressionantes a Oral Unic investiu em uma comunicação integrada, adotando o conceito “Figital” de oferecer, além de serviços, experiências memoráveis aos clientes. Outros pontos cruciais foram a digitalização da rede através da aquisição de novos equipamentos com tecnologia de ponta como os Scanners intraorais e maior suporte operacional ao franqueado. Por fim, destacamos o incremento do portfólio de novos produtos com o lançamento da Oral Unic Align – os alinhadores transparentes da rede.

Pello Menos – No primeiro semestre de Janeiro a Junho de 2021, em comparação com 2020 o crescimento foi pequeno de 1%. A explicação é que Janeiro e Fevereiro (2020) as lojas estavam operando normalmente e fecharam a partir de Março, sendo assim a receita estava normal, no final de Março tivemos as lojas fechadas e de Abril a Junho, tínhamos as receitas do Plano de Assinatura Vip. Mas podemos destacar que no último trimestre (Julho, Agosto e Setembro) tivemos um crescimento de 40% na comparação 2021 x 2020. Quanto ao ano de 2019 (antes da pandemia), recuperamos 75% em 2021 – Regina Jordão, fundadora e CEO da rede de franquias Pello Menos.

Pizza Prime – rede de franquias de pizzarias 100% brasileira, o ano de 2020 foi muito bom, o que motivou uma boa entrada e manutenção em 2021. Apesar da rede ter passado por uma instabilidade mercadológica, ainda no primeiro semestre, o delivery sobressaiu, levando a um crescimento de mais de 30%. O reflexo da pandemia deixou muita gente em casa e as lojas físicas vazias, mas, as entregas foram bem aquecidas. A franqueadora aumentou o foco em ferramentas de captação de pedido online, com as empresas de marketplace, e principalmente, através do próprio aplicativo.

Plié – Presente em mais de 4,5 mil pontos de vendas e com produtos exportados para 54 países em todos os continentes, a Plié, marca 100% brasileira conhecida por suas lingeries modeladoras – também chamadas de shapewears – e que agora traz sua tecnologia e conforto, que respeita as diferentes curvas, para outros momentos do dia a dia da mulher, anunciou a expansão por meio do sistema de franquias em 2020. A marca consolidada, 100% nacional com fabricação própria, tem atuação também no digital e conta com e-commerce próprio. Ao final de 2019, a rede embarcou com a primeira loja própria, que foi um enorme sucesso de vendas e aceitação das clientes. Dessa forma, se estruturaram para a operação no setor de Franchising. Hoje são 14 lojas entre próprias e franquias. Neste ano, em relação a 2019, a Plié espera crescer 35%.

Pormade Portas – Pioneira no setor de franchising, com a fabricação e venda de kits prontos e avulsos de portas, rodapés, biombos, papéis de parede, fechaduras e outros acessórios.  A empresa atua no segmento de casa e construção, um dos que mais se destaca no setor, e tem apresentado um crescimento exponencial, mesmo em meio à pandemia, com investimento constante em inovação e novas tecnologias.  “No último semestre, a franquia cresceu 22% em números de unidades. O aumento também refletiu no faturamento da rede, que apresentou um incremento de 25% em relação ao semestre anterior. Atualmente, são 40 unidades localizadas em cidades estratégicas nos estados do PR, SC, RS, SP, RJ, MG, TO e DF”, afirma Daniel Zini, diretor comercial da Pormade Portas.

PremiaPão – Com o reaquecimento do mercado, a rede especializada em anúncio em sacos de pão, PremiaPão, teve um crescimento de 33,5% nas vendas de franquias no primeiro semestre de 2021 em relação ao segundo semestre de 2020.  No mês de agosto a franqueadora completou seis anos e não faltam motivos para comemorar. O modelo de negócio sustentável vem se mostrando sólido e mesmo diante de um cenário de instabilidade econômica, a marca segue em franco crescimento pelo país. No primeiro semestre do ano foram mais de 90 unidades vendidas e a previsão de faturamento da marca para 2021 é de R$9,7 milhões, um aumento de 30% em relação ao ano anterior.

Redeorto – “A pandemia afetou muito os dentistas independentes, que tiveram queda de até 70% em suas receitas no ano passado”, afirma Rubens Vergani, CEO da Redeorto. “Ao fazer parte de uma rede de franquias como a Redeorto, eles passam a ter acesso a ações de marketing, além de ferramentas de gestão e processos que fazem a diferença e resultam em um aumento de 20% na receita”. Desde o início de 2021 a Redeorto já incorporou 50 novos dentistas à sua rede e a meta é chegar a 100 até o final do ano. Hoje, a Redeorto conta com 130 clínicas, sendo quatro próprias e 126 no modelo de franquia. Ainda este ano, a rede lançou um modelo de microfranquias, denominada Smart, que tem como público-alvo pequenos empreendedores, em especial dentistas em início de carreira ou que contam com uma estrutura pequena. A Redeorto Smart oferece, por um custo extremamente atrativo, um portal que automaticamente controla todas as entradas, agendamentos, ligações, confirmações automáticas via WhatsApp, entre outras soluções. Tudo concentrado em um ambiente online, intuitivo e otimizado. Além disso, a franqueadora oferece todo o suporte para realizar o marketing digital da unidade, assim como treinamentos para os empreendedores, marketing cooperado e sistema de gestão. A Redeorto espera chegar a 200 unidades até o final de 2021, sendo 40 delas microfranquias. O faturamento deve ser de aproximadamente R$ 200 milhões em 2021, contra uma receita total de R$ 120 milhões no ano passado.

Rockfeller – No primeiro semestre de 2021, a Rockfeller obteve um significativo crescimento, indo na contramão da maioria das empresas do setor educacional. Este crescimento superou os 10% em número de alunos e mais de 20% em crescimento no número de novas unidades. A projeção de faturamento para este ano é de aproximadamente R$ 70 milhões. As principais ações que impactaram nestes resultados foram o relacionamento mais próximo e frequente com o franqueado, orientando para as mudanças na maneira de prospectar e se relacionar com o aluno e futuro aluno, e o fato de a Rockfeller já possuir metodologia e tecnologia desenvolvida e validada para a educação de idiomas em ambiente virtual, antes mesmo do lockdown.

Royal Face – A franquia de clínicas de estética facial adotou a avaliação e o pagamento on-line para o público. Para os franqueados, houve uma intervenção direta da franqueadora com todo suporte. Foi, ainda, triplicada a quantidade de conteúdo e de aproveitamento do tempo com a consolidação da plataforma EAD para a intensificação de workshops. Além disso, para seguir o cronograma, todo o processo de implantação de novas unidades –  desde a escolha de ponto e acompanhamento – passou a ser automatizada. O processo de recrutamento e seleção também passou a ser todo virtual. Isso reduziu custos e o tempo do franqueado para implantação de sua unidade em mais ou menos uma semana, pois os treinamentos eram feitos presencialmente em Curitiba.

Sóbrancelhas – A Sóbrancelhas acompanhando e vivenciando o retrocesso da pandemia, após estudos e pesquisas de mercado se reinventou e reformulou seu modelo de negócio para lojas, e lança novos procedimentos de estética facial avançada. Além das técnicas já conhecidas, agora o cliente terá acesso a: aplicação de toxina botulínica, skinbooster, técnicas de crescimento de sobrancelhas, clareamento de manchas, lipo de papada, lifting facial, acne control e microagulhamento (rejuvenescimento e acne). A Sóbrancelhas planeja ter um crescimento de 20% em seu faturamento com essa reformulação e chegar a marca de 300 unidades por todo o Brasil e América Latina até 2025. A rede já bateu o marco de mais de 10 milhões de clientes atendidos e faturou cerca de  R$ 115 milhões nos últimos dois anos.

Spa Express – A SPA Express teve um crescimento de 162% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2020. Os seis primeiros meses do ano passado foram os mais afetados pela pandemia, durante este período a rede reforçou os protocolos de segurança para que pudessem acelerar o retorno aos atendimentos de forma muito rápida e segura. Em 2021 trabalharam no desenvolvimento de um produto que se encaixa nas necessidades pós-pandemia, o que culminou no recente lançamento do PoweRelax, uma massagem relaxante com óleos essenciais em parceria com a DoTerra que proporciona uma pausa potente na rotina dos clientes.

Supera – Aumento de matrículas na REDE SUPERA – Ginástica para o cérebro (mais de 350 franquias no Brasil). Do 2º trimestre 2020 para 3º trimestre 2121 nossas matrículas aumentaram em 66%. Do 1º trimestre 2121 para 3º trimestre 2021 nossas matrículas aumentaram em 30%. Do 2º trimestre de 2021 para 3º trimestre 2021 nossas matrículas aumentaram em 16%. Faturamento médio das unidades SUPERA: Considerando o pior mês para a marca (dezembro de 2020) e o melhor mês (agosto de 2021), registramos um crescimento de 19,65% no faturamento médio das unidades SUPERA no Brasil.

Super Visão – maior rede de vistorias automotivas do Brasil, registrou um aumento de 32,46% no faturamento, se formos comparar 2020 com 2021. A comercialização de novas unidades também teve um crescimento, para se ter uma ideia de janeiro a agosto do ano passado a marca vendeu 13 franquias, já no mesmo período deste ano foram vendidas 19 lojas. Com relação ao número de laudos realizados para pessoa física, houve um crescimento de 39,35%, e para pessoa jurídica, de 24,13%, comparando 2020 com 2021. Para isso, a marca investiu em divulgação, contratou uma agência de assessoria de imprensa e passou a oferecer o serviço de vistoria veicular delivery (após a liberação desta modalidade pelos órgãos responsáveis pelo setor). A rede também está desenvolvendo um novo formato de franquia, com um valor de investimento mais baixo e que não requer espaço físico.

Tintas MC – veterana no mercado de tintas, atua há quatro anos como franqueadora e apresentou um crescimento de 91,72% entre o terceiro trimestre de 2020 e o de 2021. A projeção para o final do ano é atingir mais de 116% de crescimento. O CEO da Tintas MC, Renato Sá explica que houve um crescimento do mercado de franquias durante a pandemia. “A segurança dada pela rede e pelo nosso sistema de franchising fez o franqueado investir em múltiplas unidades”, informa. Com mais de 140 unidades, a Tintas MC é a maior rede de lojas de tintas do Brasil e um dos maiores varejistas do setor na América do Sul.

Top English – A Top English já era uma franquia que combinava o presencial e o on-line, então ela já estava pronta para esse cenário de pandemia há muitos anos, já que sua metodologia estava totalmente digitalizada desde 2012. Quando a pandemia chegou, a rede começou a migrar os alunos que faziam as aulas de forma presencial para o modelo on-line, assim mantendo todas as unidades funcionando. Em 2020, a marca enfrentou uma perda significativa de alunos, mas que logo foram recuperados. 2021 vem sendo um ano de bastante crescimento, visto que agora as pessoas já adquiriram a cultura do on-line e conseguem entender que uma aula on-line pode funcionar tão bem quanto uma presencial, desde que tenha um professor ao vivo, que é o caso

Via Certa Educação Profissional – Sentiu no último mês de julho as vendas das matrículas aumentarem significativamente. A rede que está no mercado desde 2012 registrou o maior faturamento da sua história em um único mês, com crescimento de 40% sobre o mesmo período do ano passado. Já em relação aos cursos, a rede somou 1.593 matrículas em julho desde ano, um aumento recorde de 114% em comparação com o mesmo período do ano passado. Entre os cursos mais vendidos estão o de Informática e Tecnologia; Atendente de Farmácia; Gestão Empresarial; Auxiliar Veterinário, e Designer de Sobrancelhas. Esse crescimento está atrelado a fato da rede criar novas formas de levar ensino aos alunos. No ano passado, logo após o início da pandemia da Covid-19, a Via Certa lançou o Sistema Flex, onde o aluno pode optar em fazer as aulas da plataforma 100% em casa ou onde estiver, bem como também na própria unidade Via Certa, ou até mesmo, uma parte on-line e outra parte na escola, tudo a livre escolha desse aluno.

WSI – Esse momento de crise é momento de oportunidade para muitas empresas. Um bom exemplo é a franquia WSI, especializada em marketing digital. Há mais de 25 anos no mercado, a WSI oferece e entrega soluções de marketing digital e estratégias comprovadas de marketing para empresas de todos os tamanhos e de diversos segmentos de negócios e indústrias. A WSI tem uma ampla carteira de soluções e ajuda as empresas a fortalecerem a sua marca online, atraírem mais oportunidades de negócios e vendas, e alavancarem o retorno dos seus investimentos. Nesse momento de crise, as empresas se focaram no digital como um novo meio de comunicação com seu público-alvo. O digital já era um caminho previsto para o mercado. Tanto que as empresas nos EUA já direcionavam 40% dos seus investimentos de marketing para o digital. Mas com a crise essa mudança foi acelerada e muito. Conforme pesquisa da CMO (The Annual CMO Marketing Budget Report 2021), esse ano, as empresas vão direcionar mais de 72% de todo seu investimento a ações de marketing digital. Uma confirmação disso é a expansão do faturamento das unidades franqueadas WSI aqui no Brasil. No semestre findo em 30 de setembro de 2021, comparado com o mesmo período de 2020, o faturamento das franquias aumentou 41%, e continuam, até o momento, nessa tendência de expansão, mês a mês. Contribuindo para essa expansão a franqueadora desenvolveu uma estrutura para ajudar as franquias na gestão de suas oportunidades e busca de soluções ideais para cada cliente. A interação das franquias ao redor do mundo em muito contribui para essa troca de experiência que permite agilidade na troca de conhecimento e implantação de soluções comprovadas de marketing digital.

Yes! Cosmetics – A rede Yes! Cosmetics, com mais de 20 anos de atuação no segmento de beleza e cosméticos, bateu recorde de vendas de franquias no primeiro semestre de 2021, iniciando o ano a todo vapor, chegando a 52 novas unidades. O crescimento da rede no período foi de 57,7% em comparação a 2020, visto que as unidades ficaram pouco tempo fechadas devido à pandemia, realizando o atendimento por delivery e social commerce. Atualmente com 90 unidades franqueadas em todo o Brasil, a rede se destaca pelo eficiente suporte ao franqueado, investindo também em lançamentos constantes de produtos, além de contar com um setor exclusivo de pesquisa e desenvolvimento. É importante destacar, ainda, que mais de 50% dos cosméticos da Yes! são veganos e livres de crueldade animal, o que proporciona à marca uma imagem positiva de uma empresa comprometida com o respeito às diversas espécies e com a responsabilidade ético-social. Outro diferencial da marca é a possibilidade de o franqueado adquirir uma franquia omnichanel, com integração entre loja física, e-commerce e venda direta – Cândido Espinheira, sócio-fundador e CEO.

YES! Idiomas – Desde o início da pandemia, a YES! Idiomas investiu em tecnologia e treinamento, sempre pensando em dar suporte aos franqueados e melhorar a experiência dos estudantes. A empresa acaba de ser eleita em pesquisa da PEGN como melhor franquia de Ensino de Idiomas do Brasil. “O prêmio é mais uma confirmação da dedicação da YES! Idiomas em manter e melhorar sempre a qualidade de sua gestão, o que se reflete nos bons resultados da rede apesar da crise”, afirma o presidente da rede, Clodoaldo Nascimento.

Foto: BCG Photography – Bruno Coqueiro