Diamante, a primeira franquia de supermercado do rio

O Globo – Ana Cláudia Guimarães – 28/11

Sabe o supermercado Pérola que fica na Avenida Rui Barbosa, em São Francisco? No dia 4 agora vai ganhar outra cara e outro nome. É que Leandro Oliveira, um dos filhos de José e Maria Adelaide, donos do Pérola, partiu para voo solo, que não será baixo: ele não só criará a sua própria rede, Diamante, como esta será a primeira do Estado do Rio a se expandir em sistema de franchising.

As duas primeiras lojas próprias serão em Niterói mesmo: uma tomará o lugar do atual Pérola de São Francisco, um espaço de 450 metros quadrados. A outra será no espaço, com o dobro do tamanho, onde funcionava o Rincão Gaúcho, em Itaipu. Esta última será inaugurada em fevereiro.

A ideia da nova casa é criar um centro de distribuição para abastecer os franqueados com produtos de qualidade a um bom preço.

“Estamos criando uma marca contemporânea e de conceitos sólidos. Queremos oferecer lojas extremamente modernas, tecnológicas, com atendimento qualificado”, conta Leandro.
Dentro dos supermercados da nova rede haverá um restaurante. Parte do cardápio será fixa, e parte trará dicas de um chef. O cliente poderá pegar a receita do prato num tablet e, se quiser, comprar os produtos para reproduzi-lo em casa no próprio supermercado.

“Convidaremos chefs renomados para fazer parte do cardápio, com opções para café da manhã, almoço, lanche e jantar. A ideia também é que a garrafa de vinho, por exemplo, tenha o mesmo preço pela qual é vendida nas gôndolas”, conta Antônio Maia, diretor de marketing do Pérola e do Diamante.

Pensando no Natal e no Ano Novo, a rede encomendou cinco mil flutes de espumantes, como aqueles de plástico parecidos com os que vêm juntos nas embalagens de Moêt Chandon, para distribuir e vender aos clientes. Criou também cestas natalinas a R$ 99, contendo produtos de qualidade, para quem quiser dar um presente chiquezinho e mais em conta. Há também cestas a R$ 2 mil, com produtos como caviar, para clientes que quiserem uma seleção de produtos importados: Nosso diferencial é oferecer à classe C o que a classe A já consome. Queremos atingir todos os públicos. Por isso, teremos o nosso próprio centro de distribuição. Assim, conseguimos baixar o preço de produtos de qualidade finaliza Antônio, não sem antes revelar que o Diamante também venderá bandejas de sushis e sashimis.