Com grande público, 1º dia da ABF Expo mostra transformação do franchising

Expo
Público em um dos corredores da ABF Expo 2019

Com um dos melhores públicos nos últimos anos, a ABF Franchising Expo deu largada à edição deste ano com toda a força, recebendo um público significativo já no primeiro dia. Os visitantes puderam acompanhar as últimas novidades e tendências do setor, por meio de mais de 400 marcas expositoras e da Arena do Conhecimento, espaço com palestras gratuitas, dentre outras atrações. A cerimônia de abertura contou com a participação do governador João Doria e representantes da ABF, Informa Markets, Bradesco e de Camila Farani, empresária e investidora-anjo.

Expo
Feira aberta: (a partir da esq.) Ricardo Bomeny, presidente do Conselho ABF, Octavio de Lazari Jr., presidente do Bradesco, Patrícia Ellen, secretária de desenvolvimento econômico, Camila Farani, empresária, João Doria, governador de SP, André Friedheim, presidente da ABF, Fernando Tardioli, diretor jurídico da ABF e Marco Basso, presidente da Informa Markets

Para o presidente da ABF, André Friedheim, “esta é uma semana especial para o franchising brasileiro, (…) na qual empresários e empreendedores que movimentam mais de 2,6% do PIB nacional, geram mais de um milhão e trezentos mil empregos e administram mais de cento e sessenta mil pontos de venda demonstram muito entusiasmo com a retomada do nosso país. É a semana na qual valorizamos aqueles empresários e empreendedores que reconhecem o valor de uma marca, valorizam o trabalho em rede, entendem o poder de ganhos de escala e principalmente como compartilhar e colaborar fazem os negócios prosperarem”.

O governador de São Paulo ressaltou que o franchising brasileiro hoje é uma potência graças ao trabalho de todos os envolvidos no setor. “Os negócios realizados aqui representam a maturidade, grandeza, experiência e vivência de um setor que foi crescendo”, disse. “A ABF não parou e tampouco a ABF Franchising Expo durante o período de crise. Não há recessão, não há estagnação que pare esse setor. Ao contrário, em vários momentos o setor cresceu na estagnação e na recessão”. Ainda de acordo com o governador, “o grande setor que representa a materialização do empreendedorismo é o setor de franquias (…) O Brasil tem uma vocação natural para o empreendedorismo e a feira materializa isso”.

Já o presidente do Conselho da ABF, Ricardo Bomeny, lembrou dos dez anos de parceria com o Bradesco e ressaltou que o setor de franquias é mais protegido, com menores riscos aos investidores. “Temos aqui um hub de negócios, que tem a franquia como negócio principal, mas tem fornecedores nossos também, parceiros, bancos que concedem crédito aos franqueadores, é um momento de networking incrível. (…) Serão dias realmente para se fazer negócios”, ressaltou.

A respeito do cenário econômico, Bomeny declarou: “Temos uma grande confiança de que chegou o momento de fazer essa virada. A reforma da Previdência, na minha visão mais otimista, vai passar (…) e isso vai destravar muitas outras coisas que o nosso país precisa, como a reforma tributária, de um ambiente de negócios muito difícil que temos aqui em função da burocracia (…). Acredito que a partir desse momento, começamos uma rampa de crescimento e o franchising pretende ser protagonista não só no estado de São Paulo, mas no Brasil inteiro”.

Marco Basso, presidente da Informa Markets, falou da importância do setor de eventos e do impacto na economia. “Reunimos aqui anualmente as principais redes de franquias do Brasil, lideranças do setor, profissionais com diferentes experiências, candidatos a franqueados e muito conhecimento sobre franchising. Essa é a fórmula do sucesso da ABF Franchising Expo, a feira comercial do setor que chega à sua 28ª edição como a maior feira do mundo em visitação”, afirmou.

Octavio de Lazari Junior, presidente do Bradesco, ressaltou que foram feitas 463 parcerias com associados da ABF ao longo de dez anos. Segundo ele, para que essas parcerias tenham cada vez mais sucesso, o banco estabeleceu três pilares principais: atender cada um dos empresários como especialistas; ter uma proposta de valor direcionada ao ciclo de vida de cada um dos empresários do setor e especialistas de crédito nos negócios de franquias. “Quando temos determinação, vontade, foco e propósito naquilo que precisamos fazer as coisas podem acontecer”, disse.

Fotos: Studio F e Keiny Andrade