Casa do Construtor atinge receita de RS 175 mi

DCI – Camila Abud – 06/01

A expectativa era fechar 2014 com faturamento de R$ 175 milhões e 44 novas franquias. Assim, a rede Casa do Construtor, voltada para a locação de pequenos equipamentos para a construção civil, comemorou alta de 30% nos negócios. Para a empresa, o sucesso do ano passado, na comparação com 2013, se deve ao volume de aluguéis ter crescido com relação ao ano anterior, além do aumento do faturamento dos franqueados foram 44 novas franquias incorporadas à rede. Além disso, a bandeira ressalta ter ampliado a atuação em regiões estratégicas como Nordeste e Sul.

Com 211 unidades em operação atualmente no País, e a previsão de alcançar 300 até o final deste ano, a Casa do Construtor espera ter, em até cinco anos, cerca de 1.000 franquias em operação.

Desempenho

O plano de expansão nacional é ousado, mas de acordo com o sócio fundador da marca, Altino Cristofoletti Júnior, apesar das oscilações do cenário macroeconômico, o desempenho da rede tem sido satisfatório.

Segundo ele, no ano passado a empresa alcançou resultados interessantes, como os reinvestimentos na companhia acima de 20%. “Desenvolvemos com antecedência um planejamento envolvendo as áreas mais estratégicas da empresa”, afirmou o empresário.

Com 22 anos de atuação no mercado nacional, a rede Casa do Construtor, que nasceu em Rio Claro (SP), ao longo das duas últimas décadas garante ter recebido mais de 20 prêmios, como “Melhor Franquia do Brasil” pela ABF e “Empreendedor do Ano”, pela Consultoria EY (Ernst Young).