A importância da relação franqueado-franqueador norteia debates do 1º Congresso Internacional da ABF

Gustavo Schifino, vice-presidente da ABF, inicia o segundo dia do Congresso Internacional

O segundo dia do Congresso Internacional de Franchising ABF teve início com o discurso de Gustavo Schifino, vice-presidente da ABF, agradecendo a participação dos congressistas nesta primeira edição do evento. Segundo ele, com tantos empresários interessados nas melhores práticas, o franchising nacional só reforça ainda mais a sua importância na economia nacional. ‘’O sistema de franquias já se mostra fundamental para o desenvolvimento do País e o envolvimento de todos em busca das tendências mundiais, reflete ainda mais essa nossa posição’’, afirmou Gustavo.

 Reynaldo Saad, da Deloitte, apresenta uma visão sobre as empresas líderes e as tendências do mercado

Na primeira palestra do dia, Reynaldo Saad, da Deloitte Brasil, apresentou as principais reflexões e resultados da pesquisa ‘’Os Poderosos do Varejo Global – 2014’’, divulgada oficialmente pela consultoria na edição deste ano da NRF, o maior evento de varejo do mundo. Segundo ele, entender as transformações tecnológicas nunca foi tão fundamental para o varejo. “Propor uma mudança para além das formas convencionais de varejo, reformando todos os aspectos da indústria foi a principal conclusão trazida nesta 17ª edição do estudo”, avaliou.
 
“A enorme quantidade de dados, unida ao acesso onipresente à informação, torna a velocidade das mudanças no setor ainda mais latente. Para lidar com essas gigantescas mudanças econômicas e tecnológicas, o varejo precisará transformar as suas bases”’, afirmou Reynaldo.

Na lista dos 250 poderosos do varejo global, a marca brasileira Lojas Americanas é a 5ª maior da América Latina. Segundo o palestrante, a competição mais acirrada com varejistas estrangeiros nas principais capitais tem levado os brasileiros a aumentar sua presença no interior do País. ‘’O sistema de franquias vem, cada vez mais, se consolidando como uma aposta eficiente para a expansão de varejistas nacionais longe dos grandes centros’’, finalizou.
 
Painel Panorama do Franchising Internacional

  Luiz Henrique do Amaral, o encontro reuniu Dave Buzza (Alphagrafics), Eric Jacobs (Marriott), Michel Cohen (Lolita) e Brad Jacobs (The Coffee Club), para debater sobre o franchising internacional

Desafios e ganhos da internacionalização das marcas, os entraves encontrados no Brasil – como a carga tributária e os custos dos shoppings -, e as estratégias adotadas por essas redes de franquias para obter ou manter o sucesso de suas operações foram a tônica do painel Panorama do Franchising Internacional. Moderado pelo diretor Jurídico da ABF, Luiz Henrique do Amaral, o encontro reuniu Dave Buzza (Alphagrafics), Eric Jacobs (Marriott), Michel Cohen (Lolita) e Brad Jacobs (The Coffee Club).

 Norberto Lichtenstein, franqueado de 8 redes diferentes e 26 franquias multimarcas, e Jorge Aguirre, franqueado Pizza Hut com 40 unidades, moderados por André Friedheim, diretor de internacionalização da ABF, compartilharam os seus cases de sucesso 

Depois de conhecerem cases de sucesso de grandes franqueadores internacionais, os congressistas tiveram a oportunidade de trocar experiências com franqueados nacionais experientes. André Friedheim, diretor de internacionalização da ABF, moderou o bate papo entre Norberto Lichtenstein, franqueado de 8 redes diferentes e 26 franquias multimarcas, e Jorge Aguirre, franqueado Pizza Hut com 40 unidades.  
 
Os empresários dissertaram sobre o processo de escolha de um bom franqueado e a importância de mantê-lo como parceiro. ’’O franqueado não é um funcionário da franqueadora, ele precisa se sentir parte de um todo’’, afirmou Norberto. Para Jorge, manter o foco no seu negócio é essencial para alcançar o sucesso. “Chame o seu franqueado para a briga, compartilhe os fracassos e lance a ele o desafio de transformar aquele momento ruim em uma grande transformação para ele e para a rede”, afirmou o empresário que é também o proprietário da loja franqueada da rede Pizza Hut que mais fatura no mundo, localizada no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.
 

 Uma visão do futuro do Franchising por Marcelo Cherto

Marcelo Cherto, consultor e membro do Conselho da ABF, apresentou uma interessante “Visão do futuro do franchising”. Sintetizando o crescimento do mercado de franquias no Brasil, Cherto destacou que nos anos 80, início do franchising no país, houve uma explosão de micro e pequenas empresas. A década seguinte foi de “encantamento”, quando surgiram grandes marcas. Nos anos 2000 houve a consolidação da expansão do franchising nacional. E na década atual, o foco do mercado está na qualidade das operações, produtividade e escala. “O franqueado do futuro é aquele com mais lojas”, sentenciou Cherto.
 
Ainda segundo ele, nos últimos anos está havendo uma derrocada de marcas, algumas delas bastante fortes, mas que desapareceram ou foram compradas, como é o caso da Nokia que hoje passa a ser Microsoft Mobile.

 Sean Tuohy, multifranqueado internacional com mais de 90 lojas multimarcas, finalizou o segundo dia do evento com uma palestra inspiradora

Um dos cases internacionais mais esperados do Congresso, Sean Tuohy, multifranqueado internacional com mais de 90 lojas multimarcas, finalizou o segundo dia do evento.
 
Durante o bate papo comandado por Erik Cavalheri, diretor de franqueados da ABF, Sean contou que comanda 93 franquias de fast food incluindo Taco Bell, Long John Silver´s e KFC. O filme “Um sonho possível” foi inspirado em sua história de vida.
 
O filme que conta como Sean e sua esposa adotaram um menino de rua que sofria preconceito social, guarda relação com sua visão empreendedora. Sean reforçou ainda que o mais importante é que as empresas devem doar, no sentindo de valorizar as pessoas. “Se você não é uma empresa que doa, você morre”.
 
(Fotos: Keiny Andrade)

Clique aqui e confira a cobertura completa do primeiro dia do Congresso Internacional