Sobe, desce… E assim nasceu um grande negócio

Estado de Minas – Silas Scalioni – 28/09

O empresário Marcio Mascarenhas, nascido em Pirapora (Norte de Minas), é de família humilde e, justamente por isso, aos 14 anos já trabalhava em Belo Horizonte no extinto Hotel Amazonas. Como ascensorista, jamais imaginou que aquele cargo simples e não bem remunerado seria responsável por ajudar a torná-lo um homem de negócios de sucesso anos depois. Isso porque, dentro do elevador, ouvia atento as conversas entre hóspedes de outros países e, por ter muita facilidade em entender, acabou aprendendo inglês e se tornando referência no idioma no hotel. Por conseguir conversar com desenvoltura com os visitantes estrangeiros, foi convidado em pouco tempo a atuar como guia turístico. Desde então, a língua inglesa se tomou uma verdadeira paixão para ele, que partiu para ensiná-la ainda aos 23 anos. Era o embrião para o nascimento de um dos maiores cursos de inglês de Minas.

Marcio chegou a lecionar também nos Estados Unidos, oportunidade que teve para identificar quais eram as reais dificuldades e facilidades que o brasileiro tinha para aprender inglês. “Nessa época, comecei a imaginar que deveria haver uma maneira mais adequada de ensinar o idioma para brasileiros, uma forma que aproveitasse as facilidades que tivessem e levasse as dificuldades específicas a uma elaboração inteligente e mais dirigida”, conta.

Foi então que começou a estudar para a elaboração de um método próprio, o Dynamic, que dava ênfase à conversação e à vivência de situações reais, que hoje é a marca do curso. Em fevereiro de 1972, o empreendedor fundou o Number One, nas salas do Colégio Lúcio dos Santos, na capital. Nessa época, segundo ele, o mercado de ensino de idiomas já era bem competitivo, mas com poucas redes de escolas. O que havia mesmo eram muitas escolas particulares com ofertas duvidosas para o ensino da língua. “Localmente, essa concorrência era muito feroz”, diz ele, ressaltando que no início eram apenas 48 alunos na sua escola, mas que um ano depois, com a mudança da sede para um local mais movimentado, na região da Savassi, a escola ganhou nova aparência, ficou comercialmente mais atrativa e bem equipada, passando a contar com 147 alunos. Em 1974, no terceiro semestre de funcionamento da escola já com o método Dynamic, o Number One contabilizava 692 alunos, sendo 351 deles novatos. O número total saltou para 1.198 no início de 1975 e no fim de 1977 já eram 3.987 matriculados. “O rápido crescimento se deu pelo reconhecimento da eficácia da metodologia de ensino, que mostrava ao estudante que era possível se comunicar em inglês desde as primeiras aulas”, afirma.

Franquias

O crescimento da empresa se consolidou com pedidos de outros cursos de inglês para a utilização do método Dynamic em suas escolas. Foi quando ele teve a idéia de fazer concessão do método e da sua marca, começando a formatar um novo negócio: a concessão de novas escolas. Esse modelo se estendeu até 1990, quando o sistema se transformou em um processo de franquias (Number One Franchising). A marca tinha, então, 36 concessionárias que se tomaram franquias. Hoje, são mais de 35 mil alunos em 165 unidades espalhadas por 14 estados. “Esse crescimento está relacionado a vários fatores combinados e ligados às áreas pedagógica, comercial, de gestão e de marketing”, revela, destacando que a empresa que criou é hoje uma rede de escolas de inglês que se posiciona no mercado brasileiro como uma marca de ponta, de espírito jovem e alinhada ao seu tempo. Que oferece um produto pedagógico de qualidade utilizando ferramentas tecnológicas de forma inteligente, tanto na gestão das franquias quanto no processo de aprendizado.

“Fomos, no nosso segmento, pioneiros na formatação do método em multimídia, no final dos anos 1980. Fomos também os primeiros a trabalhar campanhas publicitárias dentro do conceito cross-media (que é a distribuição de serviços, produtos e experiências por meio das diversas mídias e plataformas de comunicação existentes no mundo digital e off-line), em 2004. Além disso, inovamos ao apresentar, no ano passado, uma plataforma de atividades on-line que complementa o aprendizado na sala de aula, para o aluno de espírito jovem, independentemente da idade o e-Reader e o i-Workbook”, informa. Na área de gerenciamento, a empresa desenvolveu ainda um sistema próprio de gestão das franquias on-line, chamado The simplest, que representa uma ferramenta de gestão completa para uma unidade franqueada. Outra inovação é a comercialização e a distribuição do material didático aos seus alunos por meio de sua loja virtual, lançada no ano passado.

O reconhecimento disso é que o Number One se tornou a única franquia brasileira no segmento de educação e treinamento a receber, pela 238 vez consecutiva, o Selo Excelência em Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Recente pesquisa realizada pela entidade junto aos franqueados mostrou que 91% deles comprariam novamente a mesma franquia.

E pensar que tudo isso começou dentro de um elevador de hotel nos anos 1950…