Peru busca apoio da ABF para avançar no franchising

Lima – Capital do Peru – sediou a 1ª Expo Rueda de Negocios Internacional de Franquicias

A ABF participou da 1ª Expo Rueda de Negocios Internacional de Franquicias em Lima, capital do Peru, no dia 12 de novembro. A entidade foi representada por José Schwartz, diretor administrativo-financeiro da ABF Rio, único palestrante brasileiro convidado. O evento foi promovido pela Câmara de Comércio de Lima (CCL) em sua sede, PromPerú – agência peruana de exportações e fomento aos negócios, congênere da Apex-Brasil – e Câmara Peruana de Franquias, afiliada à FIAF (Federação Ibero-Americana de Franquias).

Schwartz ministrou a palestra “O que valoriza um investidor brasileiro ao licenciar uma franquia estrangeira” para uma plateia de aproximadamente 150 pessoas.

A expertise da ABF no desenvolvimento do sistema de franquias brasileiro, a sua organização e legislação – baseada na Lei de Franquias 8.955/94 – chamaram a atenção do público peruano. De acordo com o diretor da entidade, “o Peru é um país que tem grande vontade de se estruturar melhor na área e a ABF tem total condição de prestar assistência técnica, de trabalhar em visitas técnicas para ajudar a estruturar um sistema e lei específicos”.

Crescimento
Schwartz observa que o País vem crescendo economicamente nos últimos anos, possibilitando o surgimento de uma nova classe média consumidora, apesar de serem visíveis importantes bolsões de pobreza nas periferias de Lima. A previsão é de que o Peru cresça este ano 3,1% com uma taxa de inflação próxima ao centro da meta, de 3%.

Ainda segundo Schwartz, por meio da ABF o Brasil pode exercer uma geoinfluência muito interessante nos países andinos como Peru, Colômbia e Equador, como também em nações da América Central, criando um núcleo latino-americano de franquias.  “Eles são muito abertos, simpáticos e têm carinho pelos brasileiros”, avalia.

De acordo com dados da PromPerú, o país ingressou no franchising  há cerca de 20 anos e conta atualmente com 321 marcas, das quais apenas 35% são nacionais e, destas, 65% (71 marcas) estão ligadas à gastronomia.

Os empresários peruanos confirmaram a participação na ABF Franchising Expo 2015. A maior feira de franquias do mundo é realizada anualmente pela entidade no mês de junho na cidade de São Paulo. “Eles querem vir à nossa feira com um pavilhão empresarial”, afirma Schwartz.

Será a primeira participação do Peru na expo brasileira. O país andino poderá mostrar sua tradição culinária, trazendo recursos para investir em diversos segmentos e especialmente naqueles ligados à área da gastronomia peruana.