Morana é de novo finalista do Prêmio de Design da ABF

Pela terceira vez consecutiva, a Morana é finalista do Prêmio de Design ABF-Retail Design Institute, promovido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

A premiação avalia projetos que contribuem para favorecer a experiência de compra dos consumidores, a conquista de mercado e a melhora de desempenho da rede, além de estimularem o uso do design como ferramenta estratégica de negócio. Neste ano, a Morana foi classificada entre as melhores na categoria Loja Sênior, e deve confirmar seu favoritismo no dia 30 de agosto, durante o Coquetel e a cerimônia de entrega dos troféus, no Buffet Mansão Cidade Jardim, em São Paulo.  `A indicação serve para assegurarmos que nossas ideias estão no caminho certo e, ao mesmo tempo, é um marketing para toda a rede`, comemora Roberto Kubota, arquiteto responsável pelos projetos do Grupo Ornatus.

O projeto inscrito no prêmio, Morana Mondrian, está em implantação nas unidades da rede em Portugal e deve chegar ao Brasil nos próximos meses. `Começamos por Lisboa por causa do perfil cosmopolita da cidade. Estamos em fase de teste, faremos os ajustes necessários ao mercado brasileiro e vamos implantar, em breve, de acordo com a necessidade de cada região`, diz Kubota.

Conceito

A nova loja da Morana buscará uma aproximação ainda maior com a consumidora. A ideia é passar a sensação de sofisticação, com acesso viável. Para validar tal intenção, os projetos privilegiam a leveza e a descontração aliadas ao design marcante. A loja é totalmente aberta e convidativa, apenas com uma vitrine móvel na frente, que expõe os produtos e as campanhas de forma mais clara, em nichos variados e com identidade própria. No conjunto, essa vitrine compõe uma imagem única e mais impactante. A iluminação também foi modificada.

O destaque, além do uso mais intenso de lâmpadas tipo LED, mais econômicas e duráveis, é uma lona branca com iluminação indireta, que cobre boa parte do teto, dando uma impressão de luminosidade à loja.

A inspiração para o novo plano visual surgiu a partir de referências ao pintor holandês modernista Piet Mondrian (1872 – 1944). O estilo ficou conhecido como Neoplasticismo, combina abstração e simplicidade e, influencia, até hoje, diversas áreas do design. Kubota ressalta: `É uma referência interessante, porque ainda é uma linguagem muito atual e que está no imaginário das pessoas, ou seja, é familiar`.

Além das inovações, foram mantidas na nova concepção algumas estratégias que já deram certo, como a diversidade de mobiliários e displays expositores no interior da loja. O móvel-labirinto, o móvel-conveniência e escadas, por exemplo, destacam cada tipo de produto e contribuem para não deixar o local monótono. Madeira, cores preta, branca e azul-turquesa permanecem, e conferem aconchego ao ambiente.