Franquia direito de Ouvir Amplifon apresenta em BH proposta inovadora de negócio

Franqueadora participará da Franchising Fair, que acontecerá na capital mineira entre os dias 17 e 19 de abril. No dia 18, às 17h30, o jovem franqueador da Direito de Ouvir Amplifon, Frederico Abrahão fará palestra com o tema “Abrir ou não uma franquia”

A franquia Direito de Ouvir Amplifon – que pertence a um grupo que é líder mundial em soluções auditivas – começa o ano de 2015 a todo vapor: participará da Franchising Fair em Belo Horizonte, entre os dias 17 e 19 de abril, no Expominas, a fim de ampliar sua presença no Estado.

O franqueado da Direito de Ouvir Amplifon, a partir de um investimento inicial de R$ 175 mil, atuará num segmento cada vez mais aquecido: venda e manutenção de aparelhos auditivos, pilhas e acessórios. Segundo a Organização Mundial de Saúde, em 2041, a expectativa de vida do brasileiro será de 80 anos de vida. E, quanto mais as pessoas envelhecem, mais problemas de saúde relacionados à velhice elas apresentam, especialmente no que se refere à audição.

“Não é preciso esperar 2041 chegar para saber que negócios ligados ao bem-estar da terceira idade estão em alta. Para se ter ideia, dados da própria OMS revelam que 15% dos brasileiros têm problemas auditivos – e esse número não leva em conta a quantidade de pessoas que não ouve ou não compreende o que ouve e não procura um médico”, informa Frederico Vaz Guimarães Abrahão, franqueador da Direito de Ouvir Amplifon.

Outro atrativo para o franqueado, além do potencial de um mercado inexplorado, é a força da franqueadora. A Direito de Ouvir Amplifon pertence a um grupo que é líder mundial em soluções auditivas. A Amplifon nasceu na Itália há 63 anos, com presença e excelente desempenho em 22 países. No final do ano passado, comprou 51% da franqueadora brasileira Direito de Ouvir. Viu nesta jovem empresa brasileira de Franca, cidade do interior de São Paulo, que tem apenas sete anos de mercado, “uma pequena Amplifon”, que abriria as portas da América Latina para a gigante – ansiosa por atuar neste mercado.

A Direito de Ouvir Amplifon conta com uma loja própria em Franca, quatro franquias e representantes em todo o território nacional. É a rede com maior capilaridade do país em soluções auditivas. “É hora de expandir. Temos um parceiro muito forte, que acreditou no que já estávamos fazendo”, diz Abrahão. “Temos, agora, produtos mais baratos do que já tínhamos, além de novas soluções mais modernas e tecnológicas. Além disso, investiremos em treinamento para que o relacionamento com o cliente seja especial e duradouro. As experiências da Amplifon mundo afora, certamente, nos ajudarão bastante neste processo”.

Microfranquia – Outra novidade da Direito de Ouvir Amplifon é o lançamento de uma microfranquia exclusiva para fonoaudiólogas. O investimento, neste caso, é a partir de R$ 81 mil – sendo que a franqueadora pode subsidiar até 90% do montante investido. 

“A microfranquia é uma oportunidade para o profissional de fonoaudiologia ter um negócio próprio e empreender, dentro de um valor cabível para sua realidade”, explica Thiciene Carvalho, do Departamento de Expansão.

Nesse modelo de negócio, os aparelhos são emprestados ao microfranqueado em regime de comodato por 60 meses. A franqueadora estabelece a necessidade de ter um espaço exclusivo, com todas as características de uma franquia comum, para receber os pacientes. “Também haverá uma supervisão bem efetiva, treinamentos periódicos e todo suporte administrativo e comercial”, completa Thiciene.

Atitude Empreendedora – Durante a Franchising Fair, Frederico Abrahão, franqueador da Direito de Ouvir Amplifon, ministrará a palestra “Abrir ou não uma franquia”. Será realizada no dia 18, às 17h30, na sala de palestras do Expominas. Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.feiradefranquias.com.br/belo-horizonte/  .

Perfil Direito de Ouvir

Nome da microfranquia: Direito de Ouvir Amplifon Brasil
Segmento em que atua: Varejo de aparelhos auditivos
Ano de fundação da empresa: 2007
Ano de início no sistema de franquias: 2013
Número de unidades em funcionamento no Brasil: 4 franquias e 1 própria
Modelo do negócio: loja
Investimento inicial: a partir de R$ 175 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 60 mil
Capital de giro: R$ 18 mil a R$ 45 mil
Royalties: 5%
Taxa de publicidade: 3%
Área mínima:75 m2
Nº de funcionários: 3 por unidade
Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
Lucro líquido: Entre 11% e 20%
Prazo de retorno: 12 a 24 meses
Prazo de contrato: (em meses): 60 meses
Suporte ao franqueado: Treinamento, Consultoria de Campo, SAT – Serviço de Atendimento Telefônico, Marketing, Assessoria de Imprensa, entre outros.
Telefone: (16) 3720-4562
Site:www.direitodeouvir.com.br
E-mail:[email protected]

Sobre a Amplifone a Direito de Ouvir Amplifon Brasil S.A

A Amplifon, empresa italiana de capital aberto, é a líder mundial na distribuição, montagem e personalização de aparelhos e serviços relacionados à audição. Através de uma rede de mais de 3.300 pontos de venda, 2.600 centros de serviço e 1.800 afiliados, Amplifon está presente na Itália, França, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Espanha, Portugal, Suíça, Bélgica, Luxemburgo, Hungria, Egito, Turquia, Polônia, Israel, EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Índia e, agora, Brasil, por meio da aquisição de 51% da Direito de Ouvir.

Em Pauta Comunicação

(11) 3567-7854 / 3567-7855

Cristina Thomaz – (11) 99666-5932 / 94730-6616 – ID 35*2*86267 – [email protected]

Simone Valente (11) 97666-7022 –  [email protected]