Início Notícias Franchising age em solidariedade ao Rio Grande do Sul

Franchising age em solidariedade ao Rio Grande do Sul

Franchising age em solidariedade ao Rio Grande do Sul
Rio Guaíba inunda a região da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul

União, marca registrada do setor de franquias, faz com que o setor se mobilize para ajudar a minimizar os impactos da catástrofe climática que atingiu o estado do Rio Grande do Sul.

Diante da maior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul (e uma das maiores do Brasil), o franchising, que tem a união como marca registrada, está agindo em solidariedade para ajudar a minimizar os seus impactos. De acordo com informações da Defesa Civil do RS, até o momento da publicação desta matéria, a catástrofe climática já havia provocado 147 mortes, 177 desaparecidos, 806 feridos, mais de 2,1 milhões de pessoas atingidas em 447 dos 497 municípios gaúchos. Isso equivale a cerca de 90% do Estado, que é o terceiro maior do País em número de cidades.

Atualmente, das mais de mil redes de franquias associadas à entidade, 570 estão presentes em 184 cidades do Estado, que conta com 103 marcas nele sediadas. A estimativa da ABF é de que haja 10.959 operações de franquias no RS, de 2.104 diferentes redes que geram em torno de 91.600 empregos diretos.

Entre as primeiras medidas adotadas, a ABF isentou a cobrança da mensalidade das marcas sediadas no Estado por dois meses (maio e junho). Na área de advocacy, a entidade enviou ofício ao ministro do Empreendedorismo, Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, Márcio França (confira no link abaixo comunicado sobre todas as medidas adotadas até o momento).

Iniciativas das redes de franquias
Somando-se a isso, diversas redes de franquias também estão mobilizando esforços para ajudar a minimizar os impactos da tragédia. A Anjo Colchões está doando esse seu principal produto. A iGUi, marca gaúcha, já doou o equivalente a 250 mil litros de água potável às áreas mais afetadas. São 12 carretas direcionadas, garantindo que o acesso a este recurso essencial continue disponível. A água é transportada até a fábrica de Taquara (a maior do Estado), sendo distribuída por voluntários de toda ordem, como CTGs (centros de tradições gaúchas), ONGs, clubes sociais, entre outros. A rede iniciou uma campanha urgente para arrecadar agasalhos, cobertores, colchões, alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e outros itens essenciais. Todos os caminhões da Rede iGUi estão sendo utilizados para entregar mantimentos aos desabrigados. Além disso, todas as cerca de 1.000 unidades da franqueadora em todo o Brasil (envolvendo as marcas iGUi, Splash, UNLIMITED e TRATABEM), foram transformadas em pontos de arrecadação de doações.

O Mercadão dos Óculos está isentando 50% dos royalties deste mês de maio e de junho, 100% de todo custo com software e tecnologia,100% do fundo de propaganda, renegociou com seus fornecedores homologados os boletos dos franqueados da região com vencimento em maio, e os pedidos feitos neste mês também terão carência mínima de 60 dias daqui para frente. O Market4u, que tem quase 10% do faturamento da rede no Rio Grande do Sul, está destinando todos os royalties do Estado para ajudar na reconstrução das franquias que foram atingidas, transformando as mais de 2.000 lojas em pontos também de coleta e muitos franqueados da marca pelo Brasil também estão se mobilizando para doar equipamentos para a população afetada.

A Maria Brasileira também isentou os franqueados das unidades afetadas de todos os pagamentos envolvendo royalties, fundo de marca e taxa de sistema. A Prudential do Brasil isentou as taxas de ocupação e de publicidade dos franqueados da região, também de multas e juros dos pagamentos no caso de clientes, além de não cancelar as apólices daqueles que estejam findando nesse período. As operações na região também estão sendo usadas como pontos de apoio abertos a pedido dos próprios franqueados como suporte para fornecimento de água potável e internet. A franqueadora fez uma doação financeira também, está buscando doações também por meio dos colaboradores e criou uma “Sala de guerra” com novas ações para poder oferecer o suporte dentro das necessidades dos atingidos.

A Minds English School está promovendo uma campanha de arrecadação de colchões e produtos de higiene, tomando medidas significativas para suportar a unidade em Porto Alegre, isentando royalties, taxa de publicidade e também fornecendo apoio direto na reconstrução da nova unidade. O Grupo Sal & Brasa está contribuindo com doações nas pessoas físicas e jurídicas, e acompanhando as famílias dos sócios da rede que residem no Rio Grande do Sul. A Lunelli, franqueadora da Lez a Lez, enviou sua aeronave com mantimentos e dois colaboradores estão auxiliando na missão de ajuda à população gaúcha atingida. A rede transportou mais de 2 toneladas de alimentos, água, medicamentos e ração animal para as regiões do Vale do Taquari e metropolitana de Porto Alegre, atuando nas expedições de resgate. Além disso, a Lunelli está com uma campanha interna de doações, disponibilizando todas as suas unidades como pontos de coleta.

Para apoiar os seus franqueados, os vendedores, a comunidade e a população do Rio Grande do Sul impactada, a Cacau Show emprestará móveis e doará o enxoval para que seus franqueados consigam reabrir as lojas que tiveram toda a sua estrutura destruída com a entrada das águas. A franqueadora informou também estar trabalhando no fluxo financeiro dos boletos, organizou uma “vaquinha” entre os franqueados de outras regiões do País e o valor arrecadado será dobrado pela franqueadora para auxiliar todos os franqueados atingidos. Já para os vendedores, a empresa reeditou o programa Cinquentou, criado em 2020, na pandemia, relacionado aos 50 anos do fundador e CEO da rede, Alê Costa, quando foram reformadas 50 casas. Agora, com a tragédia no Rio Grande do Sul, a franqueadora fará o Cinquentou 3.0 e reformará ou reconstruirá 53 casas de vendedores no Estado e em alguns outros que sofreram com tragédias similares, como o Espírito Santo recentemente. E por último, para a população, a empresa está enviando mantimentos, chocolates, lençóis, jogos de cama, toalhas, cobertores e colchões.

“Comunidade do franchising, como franqueador nós temos tomado algumas ações práticas em solidariedade aos nossos franqueados e membros de equipe no Rio Grande do Sul. Além do acolhimento, além de conversar todos os dias com nossos operadores que estão sofrendo todas as consequências dessas chuvas e dessa catástrofe local, nós tomamos uma decisão de isentar os royalties que vencem em maio assim como também os royalties da competência de maio que vencem no mês subsequente. Além disso, temos flexibilizado receitas, permitindo que os franqueados possam comprar insumos locais, lembrando que o nosso modelo é um modelo de entrega centralizada e também trazendo fornecedores para apoiar todos os nossos restaurantes que estão passando por situações muito severas e difíceis nesses dias. Aqui não me coloco numa posição de orientar ninguém, muito pelo contrário, eu compartilho essas práticas, estou querendo muito ouvir dos demais franqueadores o que está sendo feito para que eu possa também aprender com vocês e trazer essas melhores práticas para dentro de grupo trigo. Juntos, vamos ajudar o Rio Grande do Sul a superar esse momento tão duro”, afirmou em vídeo o presidente da ABF, Tom Moreira Leite, CEO do Grupo Trigo.

Confira aqui o Comunicado da ABF sobre todas as iniciativas adotadas pela entidade até o momento.

Confira aqui o site dos Produtores Gaúchos Unidos, apoiado pelo Sebrae RS para ampliar a visibilidade das marcas gaúchas e incentivar o consumo dos insumos produzidos por elas.

Conheça também algumas iniciativas de franqueadores para auxiliar os franqueados do RS.

Foto: Gilson Rocha/Agência Brasil