Farmácia Vida Animal completa dez anos e projeta manter crescimento anual

A farmácia veterinária de manipulação Vida Animal completa dez anos em 2014 e projeta manter o crescimento anual de 30% no faturamento, mesmo índice verificado no ano passado. Caso seja confirmado, este avanço será superior à estimativa de incremento recorde de 9,2% para este ano no setor pet, conforme a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).
 
Segundo a Abinpet, a alta inédita é consequência do aumento do número de animais em residências. Existem hoje no Brasil mais de 37,1 milhões de cães e o número de gatos supera os 21,3 milhões. Ainda de acordo com a Associação, o Brasil é a quarta maior nação do mundo em população total de animais de estimação e a segunda em cães e gatos.
 
A Vida Animal vem se adaptando a esta demanda e, por isso, mantém o nível de crescimento. Com quatro unidades para atendimento – sendo duas em Porto Alegre/RS, uma em São Paulo/SP e outra em Vitória/ES –, a farmácia de manipulação exclusivamente para animais já atendeu aproximadamente 89 mil pacientes e manipulou mais de 100 mil fórmulas no período de dez anos. Somente em 2013, foram elaboradas mais de 32 mil fórmulas, com uma média superior a 2,6 mil por mês.
 
De acordo com a farmacêutica e sócia-proprietária da Vida Animal, Daniela Moreira, a ideia é expandir para aumentar o número de unidades franqueadas, mas com cautela e sabedoria. “Não vendemos apenas um ‘negócio rentável’, porém uma oportunidade de realização profissional, com parceiros que compartilhem dos mesmos conceitos dos sócios da Vida Animal”, justifica Daniela.
    
Em atividade na Capital gaúcha desde 2004, a Vida Animal foi a primeira farmácia veterinária a manipular medicamentos de uso exclusivo para animais no Rio Grande do Sul, atendendo prioritariamente aos médicos veterinários com uma infinita linha de produtos, conforme  as necessidades de cada  espécie, raça, peso e idade. Todas as opções são oferecidas em formas palatáveis para facilitar a aceitação do animal ao medicamento, que pode ser preparado nos sabores carne, frango, peixe, óleo de fígado de bacalhau, laranja, caramelo, legumes, tutti-frutti, chocolate e baunilha.