c

Edição 2015 da ABF Expo supera expectativas - Visitantes e organização avaliam positivamente a 24ª edição da maior feira de franquias do mundo


O casal Jefferson e Talita Cestário: “É uma feira bem grande e realmente traz grandes oportunidades de conversar com os franqueadores”
Visitantes e organização avaliam positivamente a 24ª edição da maior feira de franquias do mundo

“Muito boa, muito completa, bem estruturada, superou nossas expectativas”, avaliou Sandro Augusto Alvarinho, 42 anos, que junto com a família visitou pela primeira vez a ABF Franchising Expo. “A princípio queremos uma franquia na área de alimentação. Já conversamos com franqueadores e estamos vendo outros setores. Participamos do curso [gratuito, Etapas Essenciais para Escolher uma Franquia], muito bom, muito esclarecedor, todos devem fazer”, completou.

Sandro Alvarinho: participação no Curso ABF, interesse a princípio por franquia de alimentação e conversas com franqueadores de outros segmentos

Gerente funerário em Limeira, interior de São Paulo, Alvarinho foi um dos milhares de visitantes da maior feira de negócios em franquias do mundo. O balanço final do evento será divulgado nos próximos dias, mas a organização já avalia que a 24ª edição será a melhor de todas. “Foi um sucesso, superou as expectativas”, afirmou a diretora de Comunicação e Marketing da ABF, Keller de Paula.

Talita, 31 anos, e Jefferson Cestário, 34, também avaliaram positivamente a exposição. “É uma feira bem grande e realmente traz grandes oportunidades de conversar com os franqueadores”, ressaltou ela.

Vindo de Franca (SP), o casal estreou na feira, no entanto, há um ano está pesquisando negócios no sistema de franquias. Segundo Jefferson, as pesquisas feitas pela internet deram uma noção sobre quais segmentos ou negócios escolher, mas na feira eles constataram que eram insuficientes para definir sua escolha.

O casal já chegou à ABF Expo decidido a optar por uma franquia do segmento de “Serviços e Negócios”, informou. Contudo, ver a exposição foi decisivo para que selecionasse melhor as opções. “Foi interessante para conversarmos com os franqueadores. Eles nos falaram das dificuldades que tiveram, como por exemplo, na captação de clientes, e o que fizeram para superar. A vinda à feira foi fundamental para definirmos nosso negócio. Chegamos aqui com quatro a cinco opções e reduzimos para duas. Vamos para casa para poder decidir”, concluiu Jefferson.

As amigas Edna Roberto, 68 anos, e Lídia Kioto, 65, moradoras da Capital, consideraram a feira “ótima, excelente”. Ambas estiveram pela segunda vez na feira e fazem parte de um público investidor de perfil mais maduro, que usa a experiência a seu favor. “Estamos pesquisando. Nosso objetivo é pesquisar, avaliar com a família, planejar para depois atingirmos o nosso objetivo”, salientou Edna, observando que a visita à exposição foi essencial para conhecerem mais a respeito do franchising. “Aprendemos coisas valiosas, muito interessantes, [a feira] deu uma abertura de leque muito grande”, observou Edna.

Fotos: Studio F