ABF volta à Franchise Expo Paris com 4 marcas brasileiras


Presença internacional: delegação da ABF no Pavilhão Brasil, em palestra para máster-franqueados e em seminário na Universidade Sorbonne

Feira francesa é a principal da Europa. Edição 2015 teve forte presença de delegações estrangeiras e recebeu 34 mil visitantes

A ABF mais uma vez organizou uma delegação brasileira à principal feira internacional de franquias da Europa. A Franchise Expo Paris 2015, realizada de 22 a 25 de março na capital francesa, reuniu 530 marcas expositoras dos cinco continentes, dos mais diversos segmentos e 34 mil visitantes.

Visando ampliar sua internacionalização e iniciar negócios na França e Europa, quatro marcas brasileiras expuseram no Pavilhão Brasil, organizado pela Apex – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos: O Boticário, Colcci, Carmen Steffens e a consultoria Global Franchise.

A ABF esteve representada no evento por Ricardo Camargo, diretor executivo e Vanessa Fiabane, coordenadora internacional. Acompanhando a delegação, também esteve José Schwartz, sócio da Schwartz Consultores.

A exposição francesa tem uma série de pontos positivos na avaliação dos executivos. Para Camargo, “a edição da feira este ano mostrou que a recuperação econômica da França é gradual”. O diretor avaliou ainda que o Pavilhão Brasil foi bastante visitado e que houve uma forte presença de delegações estrangeiras. “Participaram representações da Turquia, de países árabes e da África, como Marrocos e Argélia, estes últimos com forte influência francesa devido à colonização”, disse.

Schwartz observou que “cresce cada vez mais a presença internacional no salão francês, com países não como expositores, mas como visitantes. Foi o caso do Brasil, dos Estados unidos, e casos mais pontuais, como Eslovênia, México e Canadá, todos em busca de novos negócios”.

Segundo o consultor, a participação do Brasil nos principais salões do franchising mundial deve ser observada de forma estratégica. “Precisamos estar dentro de uma geopolítica, no âmbito da parceria com o Apex. As presenças internacionais aperfeiçoam nossos processos, por isso é preciso termos um pé na Europa, na América e na Ásia”, defende. “Somos bastante valorizados, podemos ser ainda mais”, completa.

Marcas da Itália, Estados Unidos e Espanha também se destacaram no evento. Já entre os segmentos, Alimentação predominou, segundo Camargo, citando como exemplo um estande com quatro marcas sul-coreanas. O executivo chamou a atenção ainda para o grande interesse de cadeias presentes na feira em vir para o Brasil, especialmente das redes de serviços.

Palestra para investidores e seminário em Sorbonne
No dia 24, a delegação ministrou uma palestra para potenciais máster-franqueados franceses e internacionais. O diretor executivo da ABF apresentou um panorama do mercado brasileiro de franquias e cada um dos quatro representantes das empresas nacionais teve a oportunidade de falar sobre seus produtos e serviços.

Já na Universidade Panthéon-Sorbonne, o grupo participou de um seminário sobre as marcas do Brasil, que contou com palestras de Eric Portelli (Carmen Steffens), Rafael Russowsky (Grupo Casino), que falou de sua atuação no Brasil com a aquisição do Grupo Pão de Açúcar, e do presidente da Embraer na França, que tratou da atuação internacional da empresa.

Encerrando as atividades no país europeu, a delegação brasileira e alguns convidados foram recepcionados em um coquetel na Embaixada do Brasil. Estiveram presentes Almir Lima Nascimento, chefe do setor comercial da Embaixada; Jonas Rama, coordenador da cadeira de Globalização do Mundo Emergente na Universidade Panthéon-Sorbonne e Tatiana Armandou, diretora da Câmara de Comércio Brasil-França.

A ABF participou algumas vezes em anos anteriores da Franchise Expo Paris e já confirmou sua presença no salão francês de 2016.