A ABF lança o Comitê de Microfranquias

No dia 13 de setembro, teve início o comitê de Microfranquias da Associação Brasileira de Franchising (ABF). A reunião, realizada na sede da entidade, teve como enfoque a importância do setor para o franchising e para a economia brasileira.

No primeiro encontro do grupo, estavam presentes o diretor executivo da ABF Ricardo Camargo, o consultor financeiro da entidade Walter Batista, o gerente de relacionamento da ABF Rogério Feijó e representantes de marcas associadas: Artur Hipólito (Grupo Zaiom), Alexandre Barreiro (Companhia do Bordado), Eugenio Prado (Super Marido), Jaques Grinberg Costa (Easycomp Plus), Carlos Zigiotti (Smartz School), Gustavo Zanon (Seguralta), Rogério Gabriel (Prepara Cursos) e Caio Moraes (Acqua Zero). Também prestigiaram este encontro o Sr. Alexandre Peters, do Instituto Say, Fernanda Sampaio, do Bradesco e Edvaldo Corrêa, do BID.

Camargo apresentou números da economia brasileira e do desempenho do franchising nacional, destacando alguns números do setor de Microfranquias.  Hoje existem no Brasil 260 redes classificadas como Microfranquias, somando cerca de 12.000 unidades espalhadas pelo país, o que gerou mais de 36 000 novos empregos formais. Em termos de faturamento, o setor já representa quase 5% deste mercado.

O executivo da ABF destacou o crescimento expressivo do poder de compra da classe C e a economia nacional aquecida como os grandes responsáveis pelo bom desempenho deste setor. `Ainda existem possibilidades de crescimento no segmento de Microfranquias, já que muitas redes são recentes no mercado`, disse Ricardo Camargo, que ainda mencionou as oportunidades que virão junto com os grandes eventos que acontecerão no Brasil em 2014 e 2016.

Para Artur Hipólito, Diretor Adjunto de Microfranquias da ABF e presidente do Grupo Zaiom, a criação do grupo é essencial para o setor `As Microfranquias vão ao encontro da inclusão social pelo franchising. Por meio do comitê amplia-se a possibilidade de melhor organização do setor, aproximando a sociedade e o governo das possibilidades de investimentos e da criação de mais empregos formais`, falou.

Durante a reunião o consultor financeiro Walter Batista apresentou um panorama geral sobre crédito e microcrédito, evidenciando ainda mais as possibilidades de investimentos baseadas nas microfranquias.

A Associação comemora mais esta iniciativa e consolida o comitê como fórum para discussão de assuntos que impactam o setor, o desenvolvimento de novas oportunidades, além de levantamento e análise de informações relacionadas às Microfranquias.

As reuniões acontecerão a cada dois meses na sede da ABF em São Paulo e serão coordenadas pelo diretor da ABF, Artur Hipólito. As empresas associadas interessadas no tema poderão entrar em contato com a área de relacionamento da ABF: [email protected] – com Marcos Funchal ou com Rogério Feijó [email protected].