ABF Rio promove primeiro evento voltado para franqueados, na cidade

Mais de 80 franqueados e franqueadores reuniram-se na última quinta-feira, dia 17, para a primeira edição do Fórum Executivo de Franqueados, promovido pela ABF Rio. O evento aconteceu na sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio), no centro da capital fluminense.

Alexandre Caruso, gerente da consultoria ITT Global, iniciou o dia com uma apresentação sobre as oportunidades e desafios dos franqueados no Brasil. “Três em cada quatro pessoas querem ter um negócio próprio atualmente. Nem todos têm o perfil, mas a era favorece o negócio próprio e principalmente a franquia”, afirma.

Compartilhamento

O especialista falou sobre a importância do compartilhamento de informações entre franqueados e franqueador, uma vez que a inteligência do negócio não se concentra mais no detentor da marca e sim em toda a rede. “O franqueador não sabe tudo. Quem sabe é quem está abrindo a loja e criando soluções todos os dias”, explica.

A rotina de um empresário, gestão de pessoas e as responsabilidades do negócio foram outros temas abordados pelo consultor. “Você não trabalha sozinho e só conseguirá metas melhores com uma equipe de excelência”, aconselha.

Finanças

Coube a Marcio Iavelberg, CEO da Blue Numbers, jogar luz sobre um tema delicado e muitas vezes evitado pelos franqueados: a gestão financeira e o preenchimento do Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE). “Para administrar um negócio não precisa mais do que quatro ou cinco folhas de sulfite”, afirma.

O especialista ensinou aos franqueados presentes como separar custos, despesas e calcular a receita, por meio do DRE. “Muitos negócios já se mostram viáveis ou inviáveis desde o começo. Para descobrir, basta fazer conta”, explica.

Atendimento

“A pessoa mais importante de uma franquia é o atendente. Os outros trabalham para ele”, afirma o consultor da Ponto de Referência, Edmour Saiani. De acordo com dados apresentados pelo especialista, 70% dos clientes que abandonam uma marca levam em conta algum aspecto falho no atendimento.

Por meio de exemplos, Saiani demonstrou como o franqueado pode tornar a empresa um ambiente melhor para os funcionários e, consequentemente, turbinar o atendimento na sua franquia.

Multifranqueados

O franqueado profissional já é uma realidade consolidada mundo afora e começou a ganhar fôlego no Brasil nos últimos anos. Este profissional carrega experiências de negócios distintos e muitos criam verdadeiras redes dentro das franqueadoras. “O franqueador tem muito a aprender com o franqueado. Ele traz experiências do mercado e pode agregar ganho em diversas áreas”, explica o consultor Flávio Maia, da BGT Brasil.

Entre as vantagens de ter um franqueado com esse perfil na rede estão o ganho de escala, garantia de margens, melhor negociação com fornecedores e abrangência da marca.

Este foi o primeiro evento para franqueados no Rio de Janeiro, mas a receptividade já assegurou mais edições na programação de 2017. “Queríamos fazer algo diferente do que a franqueadora já faz, enaltecendo o sistema de franchising, e superamos as expectativas”, avalia o diretor adjunto de capacitação em franchising da ABF Rio, Paulo Mendonça.