Tabagismo

Tabagismo - Dia Mundial da Luta Contra o Tabaco: não fume e evite doenças graves

Dia Mundial da Luta Contra o Tabaco: não fume e evite doenças graves

Dicas de Saúde A.C. Camargo Câncer Center

O tabagismo é responsável por 1/3 de todos os tipos de câncer, podendo provocar tumores na boca, laringe, língua, bexiga, esôfago e, principalmente, pulmão. Este último é o tipo de tumor que mais mata, sendo responsável por cerca de 1,5 milhão de todas as mortes no mundo anualmente. Além disso, o hábito de fumar pode provocar derrame cerebral, infarto, enfisema pulmonar, bronquite e pneumonia. Por isso, o dia 31 de maio foi escolhido como Dia Mundial de Luta Contra o Tabaco.

Segundo Dr. Jefferson Gross, Diretor do Núcleo de Pulmão e Tórax do A.C.Camargo Cancer Center, a diminuição do número de fumantes no país nos últimos anos está levando à redução da incidência e da mortalidade por câncer pulmonar. Porém, isso é percebido principalmente entre os homens. As mulheres têm maior dificuldade para deixar de fumar, além disso, provavelmente são mais vulneráveis aos efeitos do tabaco e muitas fazem parte do grupo de fumantes passivos.

A constatação serve como alerta para todas as pessoas que convivem com fumantes. A melhor maneira de se prevenir contra os malefícios do tabaco, portanto, é não fumar e evitar respirar a fumaça expelida por fumantes.

Jovens fumantes

Outro alerta do Dr. Jefferson é em relação aos jovens. “Muitos começam a fumar por autoafirmação e pela falsa sensação de liberdade, mas na verdade estão entrando em um vício que poderá aprisioná-los futuramente”, alerta.

O médico destaca que o tabagismo é uma doença que precisa ser tratada com ajuda profissional. “As alternativas para auxiliar o dependente a deixar o vício variam conforme o caso: adesivo de nicotina, antidepressivos, inibidores específicos, acompanhamento psicológico”, diz.

Não desanime

Quem já tentou e não teve sucesso em parar de fumar, não deve desanimar e precisa sempre se dar uma nova chance. Quando o organismo deixa de receber as mais de 4.700 substâncias tóxicas do cigarro, os riscos de desenvolver doenças relacionadas ao tabaco começam a diminuir. Além disso, há outros reflexos imediatos como melhora da qualidade do sono, do paladar e da disposição para atividades do dia a dia.

Para mais informações, acesse o site www.accamargo.org.br

Acompanhe o A.C.Camargo nas mídias sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/accamargocancercenter
Twitter: https://twitter.com/haccamargo
Google+: https://plus.google.com/116795949778584833222/about
Instagram: https://instagram.com/accamargocancercenter
YouTube: http://www.youtube.com/user/accamargovideos
LinkedIn: http://www.linkedin.com/company/accamargo

Fonte: Dr. Jefferson Gross, Diretor do Núcleo de Pulmão e Tórax do A.C.Camargo Cancer Center. CRM 68099.

Publicado em 02/10/2015