MyGloss cresce 50% e planeja expansão para o exterior

Inaugurada há três anos, a rede MyGloss Acessórios –www.myglossacessorios.com.br– fundada pelo empresário Rodrigo Stocco terminou 2013 com faturamento de R$ 15 milhões, quase 50% a mais do que em 2012. Já para 2014, a previsão é finalizar o ano com R$ 26 milhões. Com 19 pontos nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do país, Stocco se prepara para consolidar a marca pelo Brasil e estuda possibilidade de abrir unidades no exterior. “ No Brasil, a expansão se concentrará em cidades ainda não exploradas como Cuiabá (MT), Piracicaba (SP), Campinas (SP) Guarulhos (SP), Teresina (PI) e Maceió (AL)”, diz. “ Além disso, estou recebendo propostas de empresários para abrir lojas em outros países, como Estados Unidos, México, Chile e Espanha”, afirma.

Segundo Rodrigo, a expectativa é que até o primeiro semestre de 2015, a empresa tenha a primeira unidade fora do país após iniciar um estudo de viabilidade para internacionalização da marca. “ O método de internacionalização precisa ser organizado criteriosamente, analisando a realidade social, cultural, econômica e política de cada país. Para isso buscamos auxilio de profissionais que entendam do mercado estrangeiro”, diz.
Eleita pela  Serasa Experian a segunda melhor franquia do Brasil no segmento de vestuário, calçados e acessórios, a rede se diferencia por fugir do conceito de imitação de joias. Investe em uma equipe de estilistas que criam peças seguindo as tendências da moda. Com preços que variam de R$ 19 a R$ 499, são diversos modelos de bolsas, cintos, lenços, colares, acessórios de cabelo, brincos, pulseiras e anéis.
 
Como ser um franqueado?

O capital mínimo para abrir uma loja MyGloss é R$ R$330 mil mais ponto comercial. O investimento inclui instalação, estoque, marketing inaugural, treinamento e ferramentas para gestão do negócio. A taxa de franquia é de R$  55  mil  com  projeção de retorno de aproximadamente 24 meses e faturamento médio mensal de R$  70  mil. A loja tem cerca de 30 a 45 m², com seis funcionários por ponto.
 
Case de sucesso

A marca surgiu como  case  de mídias sociais.   Ao promover consultorias e discussões sobre moda e estilo, o empresário Rodrigo juntamente com a sua irmã Kátia Stocco,  estilista e arquiteta, deram início a empresa  no meio online antes mesmo de ter uma loja física. A estratégia deu tão certo, que hoje a  Fan Page da rede conta com mais de 1, 5 milhão de fãs e os posts alcançam cerca de 5 milhões de  pageviews por semana.

Segundo Rodrigo, a missão da MyGloss é “compartilhar” moda e alegria com as pessoas. Por isso, o segredo do sucesso foi entrar no meio online para ir conquistando seu público gradualmente, que são mulheres que gostam de moda com espírito jovem, alegres e conectadas.