Doação de Sangue – Parte 1

Doação de Sangue - Parte 1 - Anemia: saiba reconhecer os sinais e previna-se contra a doença

Anemia: saiba reconhecer os sinais e previna-se contra a doença

Dicas de Saúde A.C. Camargo Câncer Center

Palidez, cansaço, sono excessivo, queda de cabelos, unhas fracas, batimentos cardíacos acelerados mesmo sem esforço físico. Esses são alguns dos sintomas da anemia, caracterizada pela deficiência na concentração ou na produção de hemoglobina (proteina do sangue encarregado de levar oxigênio dos pulmões para as demais células do organismo).

Segundo a Médica Titular do Departamento de Hematologia do A.C.Camargo Cancer Center, Dra. Fernanda de Oliveira Santos, a anemia por deficiência vitamínica pode ter diversas causas como perda excessiva de sangue, má absorção ou a má alimentação.

Entre as anemias adquiridas existe também o tipo conhecido como mielodisplasia, caracterizada por falha na produção de hemoglobinas, que pode evoluir para a leucemia. “No entanto, são poucos os casos de anemia que viram leucemia”, frisa Dra. Fernanda. Há ainda as anemias hereditárias, provocadas por mutações genéticas que implicam em má formação de glóbulos vermelhos ou na perda de hemoglobina.

Prevenção e Tratamentos

Adotar alimentação equilibrada, com variedade de carnes, lacticínios, ovos, grãos, verduras, frutas e legumes, é uma forma de prevenir a anemia provocada pela falta de ferro. Mesmo assim, em caso de sintomas da doença, deve-se procurar o médico para a realização de exames que indicarão as causas e o tipo de anemia e o tratamento adequado. A recomendação vale também para as anemias hereditárias, que exigirão medidas específicas conforme o caso, além de investigação sobre a herança genética.

Evite automedicação

Qualquer que seja o caso, não se deve tomar vitaminas nem medicamentos por conta própria. “Esse procedimento pode levar à intoxicação do organismo”, alerta Dra. Fernanda. Outra dica da médica é que, ao contrário do que muita gente pensa, não é normal uma pessoa mais velha ter anemia, por isso é importante sempre consultar o médico.

Para mais informações, acesse o site www.accamargo.org.br

Acompanhe o A.C.Camargo nas mídias sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/accamargocancercenter
Twitter: https://twitter.com/haccamargo
Google+: https://plus.google.com/116795949778584833222/about
Instagram: https://instagram.com/accamargocancercenter
YouTube: http://www.youtube.com/user/accamargovideos
LinkedIn: http://www.linkedin.com/company/accamargo

Fonte: Dra. Fernanda de Oliveira Santos, Médica Titular do Departamento de Hematologia do A.C.Camargo Cancer Center. CRM 97397.

Publicado em 01/10/2015